05/04/2013

Santa Inês

BALNEÁRIO CAMBORIÚ – SC
Rua 1400, 492
CEP. 88330-530
Caixa Postal 39 – Cep. 88338-972
Tel. (47) 3367-0847
Fax (47) 3367-0847 ramal 5
e-mail: pstaines@terra.com.br
Arquidiocese de Florianópolis

A FRATERNIDADE
Frei Ladí Antoniazzi coordenador fraterno, pároco e ecônomo
Frei Conrado Lindmeier vigário paroquial
Frei Sebastião Kremer vigário paroquial e animador do SAV local

PADROEIRA
Santa Inês

Expediente:
Secretaria: 8h00 às 12h00 e 14h00 às 18h00
Segunda não há expediente
Secretária: Alexandra

Missas:
Terças a sextas-feiras: 17h00 e 19h00
Sábados: 15h00 e 19h00
Domingos: 7h00, 8h30, 10h00, 18h00 e 19h30 (jovens)

Confissões:
Terças a sextas-feiras: 9h00 às 11h30 e 15h00 às 17h30
Sábados: 9h00 às 11h30 e 15h00 às 17h30
Domingos: 8h00 às 11h30 e 17h00 às 20h00

NA TEMPORADA
De terça-feira a sábado:
Secretaria: 8h00 às 12h00 e 14h00 às 18h00

Missas:
De terça a sábado: 17h00, 19h00
Domingos: 7h00, 8h30, 10h00, 18h00, 19h30 e 21h30

Confissões:
De terça a sábado: 9h00 às 11h30 e 15h00 às 17h30
Domingo: 8h00 às 11h30 e 17h00 às 20h00
Observação: Nas festas de Natal e Ano Novo as celebrações seguem o mesmo horário de domingo.
Segunda não há expediente

 História

Franciscanos acompanham crescimento do Balneário Camboriú

Em fevereiro de 1933, os padres franciscanos de Blumenau iniciaram a construção de um amplo casarão de madeira no lugar chamado Praia de Camboriú, com a finalidade de servir de casa de recreio para os alunos do ginásio, dirigido pelos mesmos padres em Blumenau. Foi construído também um salão de aproximadamente 120 metros quadrados, para servir de capela ou oratório público.

A Capela de Santa Inês foi criada em 1957, pertencente então à Paróquia do Divino Espírito Santo, de Camboriú.

A 8 de abril de 1964, a Lei n° 960 criou o Município de Balneário Camboriú.
Com o desenvolvimento turístico da região, sentiu-se a necessidade de criar ali uma nova paróquia, o que aconteceu no dia 21 de janeiro de 1967, por decreto de Dom Afonso Niehues.

Desde a sua criação, a Paróquia Santa Inês está aos cuidados dos padres franciscanos.

Tão logo assumiram a nova paróquia, os franciscanos sentiram a necessidade urgente de construir uma nova Igreja Matriz. Foi, então, encomendado ao renomado arquiteto Rubens Meister, um projeto arrojado, em formato de tarrafa em queda.

Cronologia:
10/01/67 - Frei Aurélio Stulser é designado como futuro pároco da Paróquia do Balneário Camboriú que ia ser criada. Frei Mário Guidarini é o vigário paroquial.
02/02/67 - Frei Galdino Zella vem em lugar de Frei Aurélio. Mas carregando um caminhão para trazer móveis para Balneário Camboriú agrava mais a hérnia e foi a São Paulo para não voltar (5/2/67).
11/02/67 - Frei Cirilo Lovato chega a Balneário Camboriú e Frei Mário Guidarini fica pároco.
26/02/67 - Construção da casa paroquial. Meados de dezembro de 1967, Frei Cirilo deixa a Ordem.
12/02/68 - Frei Sálvio Bressan vem comovigário paroquial. Neste ano se faz a planta da nova Igreja Matriz, pelo arquiteto Rubens Meister de Curitiba. Dezembro de 1968, Frei Sálvio deixa a Ordem.
20/02/68 - Frei Mário Guidarini também deixa a Ordem. Frei Elzeário Schmitt vem como pároco mas só fica um mês e desistiu. Logo chega o outro pároco Frei Edmundo Piechovicz.
01/3/69 - Frei Edmundo Binder vem como vigário paroquial. Começo da construção da matriz sob V. Notari.
19/01/70 - Novo vigário paroquial Frei Valdomiro Dresch. Fim do mês Frei Edmundo sai do Balneário Camboriú. Início de 1971 e engenheiro Rubens Meister retira a placa da construção por Frei Edmundo ter modificado as colunas. Ficou bravo. Dr. Mata faz a obra do telhado. A cobertura da Igreja foi feita pela firma Harold Schultz.
03/03/71 - Morre Frei Edmundo Pietrovicz. Meados de 1971 Frei Belmiro Brondani vem como pároco de Balneário Camboriú.
1972 - Janeiro: demolição da antiga Igreja Matriz. O terreno é todo ele aterrado por um metro. Faz-se o piso provisório de cimento, na matriz. Compra de um terreno ao lado da matriz. Frei Dario é pároco de Ilhota, mas pertence a esta comunidade.
1974 - Dezembro, morre o Sr. Veranico de Souza, doador do terreno onde está a Igreja. Doou meia qudra.
1976 - É feito o forro da Igreja; compra do último terreno onde se encontra as dependências da Igreja. Na esquina da 1.400 onde ficaria a canônica. Em agosto de 1976, o sr. Bispo passa a escritura de todo o terreno, em nome da Província Franciscana.
1977 - Morre Frei Edmundo Binder.
1978 - Coloca-se bancos na Igreja feitos pela Ferber, de Porto União.
1979 - Frei Anselmo München vem como pároco de Balneário Camboriú. Frei Valdomiro retorna ao Balneário.
1983 - Frei Belmiro Brondani é transferido para Ituporanga. Frei Anselmo fica vigário paroquial e Frei Ari Pintarelli é o pároco. Mas já em junho, por causa da saúde, Frei Ari é transferido para Santo Antônio do Rio. Frei Anselmo reassume a paróquia.
01/06/83 - Frei Waldemar Schwitzer chega ao Balneário Camboriú como vigário paroquial.
18/11/83 - Início das escavações do novo salão.
28/11/83 - Bênção da pedra fundamental do novo salão
05/03/85 - Frei Elzeário vem ao Balneário Camboriú como vigário paroquial.
1986 - Janeiro: Frei Elzeário é transferido para Florianópolis. Chega Frei Celso Faria como vigário paroquial.
1987 - 10 de março: Frei Celso deixa Balneário Camboriú. Frei Valdomiro é transferido para Agudos.
15/01/88 - Frei Raul Bunn chega ao Balneário como vigário paroquial. Frei Raul é transferido para Porto União. Chega Frei Olivo Tondello ao Balneário como vigário paroquial.
27/02/90 - Frei Olivo deixa Balneário e vai a Piraí do Sul. Frei Valmor Cattoni chega ao Balneário como vigário paroquial.
15/01/90 - Dá-se início à construção da torre, projeto de Rubens Meister, o mesmo da Igreja. A construção é de Harold Schultz.
12/01/90 - Dá-se a grande enchente no Balneário. Todos ficam presos na Igreja pela chuva.
14/08/90 - Chegam os sinos feitos pela Eletro Aço, de Blumenau. O São João com 650 quilos; o São Francisco com 550 quilos; o Santo Antônio com 400 quilos; e o Santa Inês com 300 quilos.
03/09/90 - Os sinos vão a Curitiba para instalação dos motores e volta no dia 30 de outubro.
31/10/90 - Os sinos são colocados na torre.
08/12/90 - Os sinos são inaugurados oficialmente.
08/02/91 - Frei Valmor Cattoni deixa a paróquia. Chega Frei Osvaldo Lino Luiz.
16/02/91 - Frei Nestor Kuhn é transferido para Balneário Camboriú.
17/02/93 - Frei Osvaldo Lino deixa Balneário Camboriú.
17/01/95 - Chega Frei Antônio Gasparini como pároco de Balneário.
31/01/95 - Chega Frei Antônio Pelizza.
24/03/95 - Decide-se colocar as grades ao redor da praça da Igreja.
14/12/97 - Chega Frei Albino Kops como vigário paroquial.
05/01/99 - Pintura do telhado da Igreja. Chega Frei Pedro da Silva, que fica nove meses.
25/01/2000 - Chega Frei Moacir Barbosa Custódio como vigário paroquial.
31/01/2000 - Chega Frei Germano Gesser como vigário paroquial. Frei Antônio Pelizza deixa a Ordem.
21/11/2000 - Frei Antônio Gasparini, Frei Germano e Frei Moacir são transferidos. Chega Frei Alcides Cella.
21/01/2001 - Frei Tarcísio José Schuch é empossado como pároco de Balneário Camboriú. Frei Alcides é transferido.
12/09/2001 - Frei Felipe Schneider vem como vigário paroquial.
2002 - Fevereiro: chega Frei Eliseu por uns meses mas acaba ficando dois anos.
2003 - Chegam Frei Abel Schneider e Frei José Zanchet como vigários paroquais. Dezembro: Frei Abel é transferido para Rodeio.
2005 - Frei Francisco Madra é transferido para Balneário Camboriú, mas só chega uns meses mais tarde. Novembro, Frei Francisco é transferido.