Vida CristãCelebrações

Nossa Senhora dos Anjos da Porciúncula

porciuncula_310718

2 de agosto – Nossa Senhora dos Anjos da Porciúncula

Festa

O Seráfico Pai Francisco, por singular devoção à Santíssima Virgem, consagrou especial afeição à capela de Nossa Senhora dos Anjos ou da Porciúncula. Aí deu início à Ordem dos Frades Menores e preparou a fundação das Clarissas: e aí completou felizmente o curso de seus dias sobre a terra. Foi também aí que o Santo Pai alcançou a célebre Indulgência, que os Sumos Pontífices confirmaram e estenderam a outras muitas igrejas. Para celebrar tantos e tão grandes favores ali recebidos de Deus, instituiu-se também esta Festa litúrgica, como aniversário da consagração da pequenina ermida.

São propostas três leituras para onde é celebrada como Solenidade; celebrada como Festa, escolhe-se a primeira ou a segunda leitura.

PRIMEIRA LEITURA

Eclo 24,1-4.16-22.31

“Quem obedece à Sabedoria não terá de que se envergonhar”.

Leitura do Livro do Eclesiástico.

A sabedoria faz seu próprio elogio e se ufana no meio de seu povo; abre a boca na assembleia do Altíssimo e se ufana diante de seu poder; é exaltada no meio do seu povo, e admirada na assembleia santa; entre a multidão dos eleitos, recebe louvores, e bênçãos entre os abençoados de Deus.

Estendi os ramos como terebinto, e meus ramos são ramos majestosos e belos. Como videira, brotei sarmentos encantados e minhas flores deram frutos de glória e riqueza.

Sou a mãe do belo amor e do temor, do conhecimento e da santa esperança. Em mim se acha toda a graça do caminho e da verdade, em mim toda a esperança de vida e da força.

Vinde até mim, vós que me desejais e saciai-vos com meus frutos! Pensar em mim é mais doce que o mel, e possuir-me é mais do que favo de mel. A memória do meu nome durará por toda a série dos séculos. Quem come de mim, terá ainda fome e quem bebe de mim, terá ainda sede. Quem me obedece não terá de que se envergonhar, e os que trabalham comigo não pecarão. Aqueles que me tornam conhecida terão a vida eterna.

- Palavra do Senhor.

SALMO DE MEDITAÇÃO

Sl 33,1.5-7.9-10.18-19

Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo.

– Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu *
e de todos os temores me livrou.

– Este infeliz gritou a Deus e foi ouvido *
e o Senhor o libertou de toda angústia.

– Provai e vede quão suave é o Senhor! *
Feliz o homem que tem nele o seu refúgio.

– Respeitai o Senhor Deus, seus santos todos, *
porque nada faltará aos que o temem.

– Clamam os justos e o Senhor bondoso escuta *
e de todas as angústias os liberta.

– Do coração atribulado ele está perto *
e conforta os de espírito abatido.

SEGUNDA LEITURA

Gl 4,3-7

“Deus enviou seu Filho, que nasceu de uma mulher”.

Leitura da carta de São Paulo Apóstolo aos Gálatas.

Irmãos, assim também nós, quando menores, estávamos escravizados na servidão dos elementos do mundo. Mas quando chegou a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, que nasceu de uma mulher e submetido a uma Lei, para resgatar os que estavam sob a Lei, a fim de que recebêssemos a adoção. E, como prova de serdes filhos, Deus enviou a nossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: “Abba, Pai!” De maneira que já não és escravo mas Filho, e, se filho, herdeiro por Deus.

- Palavra do Senhor.

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia . ..,. Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor está contigo, e bendito o fruto de teu ventre.  Aleluia.

EVANGELHO

Lc 1,26-33

“Eis que conceberás em teu seio e darás à luz um filho”.

Evangelho de Jesus Cristo Segundo Lucas.

No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado da parte de Deus para uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José, da casa de Davi. O nome da virgem era Maria. E entrando, disse-lhe o anjo: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!” Ao ouvir as palavras, ela se perturbou e refletia no que poderia significar a saudação. Mas o anjo lhe falou: “Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás em teu seio e darás à luz um filho e lhe darás o nome de Jesus. Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu Pai, e Ele reinará na casa de Jacó pelos séculos e seu reino não terá fim”.

- Palavra da Salvação.