A InstituiçãoNotícias › 01/07/2018

“Família, a pedra que edifica a Igreja”

pedro_010718

Frei João Manoel Zechinatto

Gaspar (SC) – Na tarde deste sábado, a Igreja Matriz São Pedro Apóstolo de Gaspar lotou nesse último dia do Tríduo em preparação para a festa de seu Padroeiro. São 168 anos de devoção do povo gasparense àquele que é uma das colunas da Igreja. A celebração contou com a presença de toda a catequese da Paróquia e também dos coroinhas, tanto da Matriz como também das comunidades.

O pároco, Frei Paulijacson de Moura, acolheu, antes do início da celebração,  com muita alegria, todas as crianças, catequistas, pais e familiares que vieram celebrar juntos em mais este dia de festa. A celebração foi presidida pelo pregador do tríduo, Dom Jaime Spengler, que falou sobre “Pedro, testemunha do Ressuscitado, pedra da Igreja”!

O coral das crianças da catequese cantou “Seja Bem-Vindo, Paz e Bem”, como canto de acolhida. Irmã Vanessa, da Congregação das Irmãs Franciscanas da Imaculada Conceição, que reside em Gaspar, ficou responsável por neste ano iniciar um coral com as crianças. Os catequizandos estavam todos de branco na escadaria do presbitério e cantavam, enquanto a procissão de entrada vinha pelo corredor central da Igreja Matriz.

pedro_010718_2

Em sua homilia, Dom Jaime dirigiu-se, primeiramente, aos pais e familiares ali presentes: “Maternidade e Paternidade não pode ser um acidente ou um imprevisto. Ser pai e mãe deve ser um desejo e um sonho de participar da obra de criação do Criador, ser participante de uma profunda responsabilidade”. O bispo ressaltou o quanto é triste ver pais que não se importam com seus filhos e os deixam ao léu. Os filhos, disse ele, são o bem mais precioso que podemos ter, eles são o sustentáculo da esperança de um bom futuro. “Quem não cuida do seu bem, um dia chorará por vê-lo se perder”. Dom Jaime insistiu para que os pais sejam verdadeira presença amiga na vida de seus filhos.

Depois, dirigindo-se às crianças, Dom Jaime lembrou da profissão de fé de São Pedro no Evangelho do dia: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo” (Mt 16,16). Disse que cada família é pedra viva que promove e edifica a Igreja, ressaltou também, que como cristãos não somos “adeptos” desta fé ou daquela crença, mas discípulos do Senhor. “Vossos pais quando vos transmitirem a fé devem ensiná-los a serem discípulos do Filho do Deus vivo”. Por fim, pediu às crianças que sigam, com fidelidade, a Jesus; fazendo sempre o bem em todas as coisas.

No final da celebração, Frei Paulijacson agradeceu Dom Jaime pela presença fraterna e acolhedora em mais este dia de preparação à Solenidade de São Pedro e São Paulo. Agradeceu também a toda e Equipe da Catequese da Paróquia pela belíssima celebração. O coral da catequese foi a frente novamente e cantou com toda a comunidade o hino do padroeiro São Pedro, logo após, Dom Jaime encerrou a celebração com a bênção final.

pedro_010718_3

Ofertar nosso melhor!

O tradicional leilão da Festa de São Pedro Apóstolo é um dos grandes destaques de toda a festa. Prova concreta da generosidade do povo de Gaspar que oferece parte de seu gado e rebanho como forma de agradecer a Deus pelas bênçãos no campo.

Nas semanas que antecedem a festa, Frei Lindolfo Jasper ao lado do Sr. Beto Tonholi andam por toda Gaspar arrecadando doações dos agricultores, empresas e benfeitores. Porcos, ovelhas, galinhas, cavalos e mais de 30 cabeças de gado foram doados para o leilão.

Devido ao grande número de prendas, o leilão, neste ano, não ocorrerá apenas no domingo (01/07), como é o costume, mas também já no sábado. Assim, como Deus se alegrou com a boa oferta de Abel, também hoje, o Senhor se alegra com a generosa oferta do povo de Gaspar! Que este seja mais um ano abençoado a todos os nossos agricultores e que nos anos vindouros, possamos sempre contar com a generosa oferta de quem oferece o seu melhor ao próprio Deus!

VEJA MAIS IMAGENS DA CELEBRAÇÃO RELIGIOSA E DOS FESTEJOS POPULARES