Vida CristãMeditação diária › 11/05/2018

Modelo e exemplo de maternidade

Frase para refletir:

“Jesus viu a mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava. Então disse à mãe: «Mulher, eis aí o seu filho.» Depois disse ao discípulo: «Eis aí a sua mãe.»” (Jo 19, 26-27)

medita_110518

Mãe ultrapassa o entendimento humano e se apóia no divino. Nem consigo imaginar a dor da mãe Maria naquele momento crucial, vendo seu filho Jesus morrer de maneira tão injusta e cruel. Ele chega ao Gólgota auxiliado por Simão, o cirineu, após ser torturado pelos soldados romanos e percorrer as ruas de Jerusalém carregando a cruz na qual iria morrer. Mas, desde o Pretório até ali, sua mãe o acompanhou, sofrendo junto com Ele.

Imagine a dor de uma mãe ao ver seu filho neste estado. A vida de Maria foi marcada por inúmeros sofrimentos. Prestes a dar a luz, tem que viajar para outra cidade para cumprir a lei do recenseamento e lá só encontra lugar em uma gruta destinada aos animais para que servisse de abrigo na hora do parto. Ao levar seu filho ao Templo para cumprir a Lei de Moisés e circuncidar o menino, lá ouve de Simeão que “uma espada de dor iria transpassar a sua alma” (Lc 2, 33-35).

Maria é força e modelo para todas as mães que sofrem. Sim, muitas vezes as mães se deparam com a dor, principalmente quando se defrontam com a dor de seus filhos. Preferiam estar no lugar deles. Foi assim com Maria no Calvário. Mas Jesus, em um gesto de compaixão e amor, nos entrega sua mãe na pessoa do discípulo João; “eis aí tua Mãe”, e a ela Ele entrega todos nós; “eis aí o teu filho”. Logo depois Jesus, “sabendo que tudo estava consumado”, entrega sua alma a Deus. A força destas entregas de Jesus só entende quem vive na dimensão da fé. Ser mãe é participar do mistério da vida.

Bom dia! Bom trabalho!

Reflexão feita por José Irineu Nenevê


Facebook: http://www.facebook.com/bomdiaebomtrabalho

Leia o Livro: BOM DIA E BOM TRABALHO, sabedoria para todos os dias. Ed VOZES.