A InstituiçãoNotícias › 12/03/2018

Lançamento: “Política – Nós também sabemos fazer”

DIVULGACAO POLITICA

A Editora Vozes, em parceria com a Casa do Saber, Livraria Martins Fontes e Usina Pensamento, lança no próximo dia 12, às 19h, o livro “Política – Nós também sabemos fazer”, escrito por Clóvis de Barros Filho, Viviane Mosé, Eduarda La Rocque e Oswaldo Giacoia Junior no Teatro Gazeta, em São Paulo (SP).

Os quatro autores irão se reunir para um debate seguido de sessão de autógrafos. A mediação do debate ficará a cargo de Mario Vitor Santos, diretor executivo da Casa do Saber.

A entrada é franca, mas é necessário retirar uma senha, que será distribuída às 17h, no mesmo local.

Serviço:

Local: Teatro Gazeta
Avenida Paulista, 900, Bela Vista – SP (próximo a estação de metrô Trianon-Masp)
Data: 12/03/2018 (segunda-feira)
Horário: 19h
Evento gratuito
Para mais informações: (11) 2081-7944.

Veja o evento no Facebook

Política – Nós também sabemos fazer

Clóvis de Barros Filho, Viviane Mosé, Eduarda La Rocque e Oswaldo Giacoia Jr.

Este não é mais um livro sobre política, é sim um livro para pensar a política e nos fazer lembrar que somos indispensáveis para que ela funcione. O entendimento da política como característica da vida humana tem se desgastado e isso faz com que se entenda a política como algo a ser evitado.

A descrença em relação à política parece ser a tônica da sociedade atual. Votar tornou-se um ato banal, ocupar-se da participação política toma contornos de um trabalho desperdiçado. Para muitos não há o que fazer. Seria o fim da política? Para nós, não. Nós sabemos fazer política, e sabemos fazer porque somos seres políticos. Fazemos opções políticas a todo o momento, por isso não há como não ser político e isso porque não há como não fazer uma opção. Sabemos que a única forma de construir as relações políticas é pela participação. É isso que temos a fazer.

Clóvis de Barros Filho, Viviane Mosé, Eduarda La Rocque e Oswaldo Giacoia Jr., se reuniram para desenvolver esta valiosa obra que busca trazer, com linguagem clara e objetiva para o público geral, a reflexão política para além do partidarismo, resgatando o conceito do ser humano como ser político. Quatro perguntas formam os eixos destes artigos, O que é política?, Como fazer política hoje?, Como transformar a gestão das cidades?, e para finalizar, a pergunta essencial, O que é ética política?

O que é Política?, primeiro artigo do livro, escrito por Clóvis de Barros Filho, trata do entendimento do ser humano como ser político como algo inerente à vida, passando por reflexões sobre como acontece a participação política hoje, o uso da palavra política na mídia, no senso comum, entre especialistas. A política nasce do conflito de interesses, se todos nós concordássemos com tudo não haveria política, ele afirma.

O Poder e as redes, escrito por Viviane Mosé, coloca em questão o fazer político, as estratégias das lutas políticas cotidianas, partindo da compreensão que tínhamos do poder na década de oitenta e de como esta concepção se transformou levando a novas estratégias de ação política, especialmente considerando a sociedade em rede. Como cegos em tiroteio vivemos a guerra da informação, ela afirma, este é o nosso novo campo de batalha.

Democracia e informação, escrito por Eduarda La Rocque, discute a exaustão do modelo democrático, pautado no mercado de votos, em negociatas e aponta para o uso e a democratização do acesso à informação qualificada como instrumento de resgate da democracia. O eleitor quer ser cidadão, o que implica em participar diretamente da gestão de sua cidade, com os direitos e deveres que isso implica, ela afirma.

Ética e política, escrito por Oswaldo Giacoia Jr., mostra como o debate ético nasce da crise contemporânea e de como a filosofia, formulando um diagnóstico crítico do presente, com algum lastro histórico pode trazer alguma clareza em momentos de instabilidade e incerteza, como o que vivemos. Temos que tomar como ponto de partida um diálogo com a tradição, e conclui com uma expectativa afirmativa, a capacidade de ser é cada vez um começar de novo, ele diz.