Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 22/03/2016

O anúncio da traição de Judas

Semana Santa

22_mar_350Jo 13,21-33.36-38

“O que tens a fazer executa-o depressa”

Neste Evangelho de João vemos como Jesus é trocado por trinta moedas de prata. Mas a vida não tem preço. Cristo nunca abandona os seus filhos e até a sua última noite no seio da terra Ele passa com os seus discípulos na última ceia. Judas, banhado pela cegueira de sua incredulidade, acolhe as trevas dentro de si quando coloca o pedaço de pão no mesmo prato que Jesus. O espirito do demônio apodera-se dele. Todavia, também o apóstolo-guia, Pedro, tão seguro de poder seguir o mestre até a sua glorificação, possui uma fé emocional, e delineia-se a escuridão da negação.

Portanto, todos nós somos débeis e frágeis e a qualquer momento prontos a trair a nossa fé. “Carregue bem a tua cruz porque ela é a lâmpada que ilumina o céu e a terra”. (Cura D’ars)

Só uma fé convicta é capaz de vencer as tentações do ter e da comodidade sem comprometimento. Peçamos a graça da fidelidade e da perseverança no seguimento do Cristo sofredor.

Reflexão feita pelos noviços