Cultura franciscanaLiteratura religiosa e cultural

“Cenas familiares”, de Frei Almir Guimarães

“Cenas familiares” é um livro sobre o casal e sobre a família, de autoria de Frei Almir Ribeiro Guimarães. Não é um texto doutrinário. Não são páginas para estudo teórico. O autor surpreende a família em seu viver cotidiano. Praticamente todos os temas ligados ao casal e à família desfilam nestas páginas. Cada um deles é abordado de forma leve, mas tocando seus aspectos essenciais. Dona Carmem está para completar cem anos e não tem, de fato, a presença de suas filhas em sua vida. Há filhos observando posturas e atitudes de seus pais. São muito sensíveis ao olhar e gestos que que os pais colocam. Há cenas de famílias com parentes numa prisão. Há aquelas que aquecem o coração e outras que parecem prender o fôlego. Há inúmeras descrições relativas às crianças. Elas enfeitam o mundo, mas andam a esmo, por aí, sem pais, sem educação, sempre diante da televisão, sujeitas a assédios, dadas às drogas.

Cremos na família. Não numa família que fosse apenas a repetição de modelos do passado. Cremos numa família que acolhe as diferenças, que respeita cada um, que propõe e não impõe. Cremos em pais e esposos que se esforçam por se fazerem presentes na vida do cônjuge, dos filhos e da casa. Na família acontecem as primeiras experiências de vida, que tanta importância têm na configuração da forma pessoal de situar-se diante do mundo.

Cenas familiares pretende ser um instrumento de reflexão sobre a família, seus mistérios, seus encantos e seus desafios.

Frei Almir Ribeiro Guimarães é frade franciscano, nascido em Petrópolis, no Rio de Janeiro. Estou catequese e pastoral no Institut Catholique de Paris. Tem publicado diversas obras de espiritualidade e, sobretudo, na área da Pastoral Familiar. Foi assessor nacional da CNBB e, desde 1992, percorre o país como palestrante e orientador em cursos para assuntos ligados à família. Atuou como pároco, assistente de grupos franciscanos em diversos estados e, atualmente, colabora na pastoral da paróquia da Porciúncula de Sant’Ana, em Niterói (RJ).