Notícias - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

Frei César indica caminho para seguir os passos de Cristo: Mais humildade, fundada na fé e no amor

06/01/2020

Notícias

Moacir Beggo

 Rodeio (SC) – Dois jovens frades – Frei Gabriel Ferreira Salinas e Frei Irven Gabriel de Jesus dos Santos – celebraram com alegria neste dia 6 de janeiro, festa dos Reis Magos, a conclusão da etapa do Noviciado (também chamado “ano de provação”) na Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil e, com isso, fizeram, pela primeira vez na Ordem dos Frades Menores, a profissão para viver sem nada de próprio, em castidade e obediência, segundo o espírito de São Francisco de Assis.

Para o Ministro Provincial, Frei César Külkamp, que acolheu os votos temporários desses jovens frades, uma atitude de mais humildade, fundada na fé e no amor, é o caminho para melhor seguir os passos de Cristo e para a renovação da vida consagrada. “A Igreja e a Ordem pedem de cada um de nós, Frades Franciscanos, resgatarmos nossa identidade de Menores e nosso sentido de fraternidade. Este é o nosso testemunho para um mundo que supervaloriza a eficiência e o personalismo nas ações”, exortou.

Frei Gabriel Ferreira Salinas professa nas mãos do Ministro Provincial

Frei Irven Gabriel de Jesus dos Santos professa nas mãos do Ministro Provincial

Frades de toda a Província, religiosas, OFS, paroquianos e familiares participaram da Celebração Eucarística (esta é a 118ª turma de noviços) na Matriz São Francisco de Rodeio, que foi presidida por Frei César. Ele teve como concelebrantes o Definidor da Província para a Região, Frei Daniel Dellandrea, e o guardião da Fraternidade do Noviciado, Frei Mário Stein. O mestre dos estudantes de Teologia e professor de Liturgia, Frei Marcos Andrade, foi o cerimoniário e Frei Éverton Goschel Broilo fez animação litúrgica.

Depois da Liturgia da Palavra, o Mestre dos Noviços, Frei Rodrigo da Silva Santos, fez a chamada de cada um dos professandos e os apresentou ao Ministro Provincial. Em seguida, os dois se dirigiram ao Provincial e fizeram o seguinte pedido: “Pedimos humildemente, Frei César Külkmap e a todos os confrades, que digneis admitir-nos à santa profissão na fraternidade dos Frades Menores”. Frei César, então, respondeu: “Bendito seja Deus, que vos escolheu para conosco caminhardes em nova vida”.

Na sua homilia, Frei César indicou ainda como deve ser o discipulado aos irmãos que agora professam esta forma de vida nesta parcela da Ordem chamada Província Franciscana da Imaculada Conceição. “O nosso discipulado não consiste em acumular saberes e competências. Ele é uma busca que nos leva a escutar e experimentar. O nosso Mestre se revela a partir da humildade de seus mistérios. Por isso, São Francisco nos diz que a nossa vida é o Evangelho, ou seja, a vida mesma de Jesus. Ele é a revelação amorosa do Pai”, explicou.

Mas, segundo o Ministro Provincial, para enxergar esta revelação, é preciso converter-se, transformar nossa vida numa obediência à vontade do Pai. “Francisco travou esta batalha para procurar vencer-se a si mesmo e abandonar-se livre em Deus. É daí que vem sua profunda serenidade. É dessa atitude que podemos nos libertar dos fundamentalismos sociais, políticos e religiosos, tão presentes em nossa realidade e que cegam a tanta gente”, disse.

“Francisco se faz discípulo do verdadeiro Mestre. Procura interpretar sua vontade em todos e em tudo. Por isso, ele não vê o outro como inimigo ou ameaça. Ele é capaz de viver a fraternidade como submissão ao irmão na Ordem, mas também a todos os homens e ainda às criaturas. Ele nos ensina com sua vida e suas atitudes o que significa transbordar de generosidade. E faz isso porque Deus é assim: amou-nos por primeiro e até o fim!”, ensinou.

Para Frei César, não é uma tarefa fácil para nenhum de nós! “Mas, o Noviciado terá sido fundamento para vocês se ajudou neste exercício do silenciar para poder escutar e para poder ver. Ouvir o que não tem som e ver o que não tem forma”, ressaltou.

“O mundo é confuso e barulhento. Mas é o lugar da encarnação do nosso Deus, por isso também é o lugar da nossa missão. Não podemos fugir do mundo e nem devemos. Mas, precisamos, inseridos no mundo, o nosso claustro, em suas periferias geográficas e existenciais, continuar a nossa busca pelo essencial, que não pode ser confundido pela distração silenciosa das tecnologias nem pelo barulho das ideologias que se pretendem absolutas”, ensinou.

Ele concluiu sua homilia voltando-se para Maria, “também modelo de discipulado, a mulher do silêncio e da escuta, que soube dizer sim à vontade de Deus e ‘faça-se em mim segundo a Vossa vontade’, ela que é a Rainha da Ordem dos Menores ajude a cada um de nós a permanecermos firmes na fidelidade, para conhecermos melhor a manifestação luminosa daquele que nos convida a seguir os seus passos de verdadeira humildade!”. Frei César lembrou durante a homilia que no próximo dia 11, em Angola, a Província na Fundação Imaculada Mãe de Deus Angola viverá um dia de graça com a primeira profissão de 11 noviços.

VEJA NESTE LINK A HOMILIA NA ÍNTEGRA

Depois da homilia, os professandos se aproximaram do Ministro Provincial e foram interrogados se estavam preparados para se consagrarem a Deus e buscarem a perfeição da caridade segundo a Regra e as Constituições da Ordem Seráfica. Depois, ajoelhados, colocando suas mãos nas mãos do Ministro Provincial fizeram a profissão religiosa, prometendo obediência, castidade e viver sem nada de próprio. Em seguida, cada neoprofesso recebeu do Provincial a Regra de Vida da Ordem dos Frades Menores e os Escritos de São Francisco. Cada professando também assinou o documento da profissão, expressando com isso que a vida passa a ser colocada sobre os desígnios de Deus. O rito terminou com o abraço da paz dos frades aos neoprofessos num gesto de acolhida e comunhão à Fraternidade Provincial.

No final, Frei César agradeceu aos neoprofessos e à Fraternidade Formadora do Noviciado por este ano de penitência. Entregou os agora dois professos temporários à Fraternidade de Rondinha (PR), através do mestre Frei Samuel Ferreira de Lima e do guardião Frei Marcos Brugger, que estavam presentes na celebração. A próxima etapa deles é o curso de Filosofia que será feito em Curitiba (PR). Frei Mário convidou a todos para participar de uma confraternização no claustro.

Os neoprofessos viajam nesta terça, 7 de janeiro, para suas cidades, onde terão férias até fevereiro. Frei Irven é natural de Cariacica (ES) e Frei Gabriel é natural de Várzea Paulista. O Noviciado continua suas atividades neste dia 8 de janeiro ao acolher a turma de noviços 2020.

VEJA TAMBÉM: NOVIÇOS RECEBEM HÁBITO NOVO E FAZEM PEDIDO DE PROFISSÃO À FRATERNIDADE


VEJA MAIS IMAGENS DA PRIMEIRA PROFISSÃO DE FREI IRVEN E FREI GABRIEL