Vida Cristã - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

O desrespeito ao outro e à vida humana

06/11/2020

                                                                                                                        Imagem ilustrativa: (fonte Canva)

Robson Ribeiro de Oliveira Castro

É preciso saber que a vida é um dom e que se deve tratar o outro também como um dom! O cuidado com o e o respeito já bastariam. O ser humano foi criado por Deus, e deve ter como primícias a sua condição de filho de Deus.

A repercussão do caso da jovem Mariana Ferrer, que alega ter sido estuprada pelo empresário André Aranha, como vimos nos noticiários e nas redes sociais, nos atinge diretamente.

Nos ajuda nesse momento buscar a filósofa Hannah Arendt em seu livro “A condição humana” e a sua afirmação: “O fato de que o homem é capaz de agir significa que se pode esperar dele o inesperado, que ele é capaz de realizar o infinitamente improvável”. (ARENDT. A Condição Humana, 2002, p. 191). A partir desta realidade, temos a necessidade de se falar de uma ética pautada no caminho de reciprocidade e cuidado com o outro.

Não estamos no mundo sozinhos, não nos construímos sozinhos, somos fruto da realidade e do ambiente em que vivemos. A nossa condição humana e a nossa conduta ético-moral devem ser pautadas em princípios, pois diante do outro e da sua dor, devemos considerar como nossa também a sua dor e sofrimento.

Destarte, o termo “banalidade do mal”, cunhado por Arendt, nos convoca a refletir e compreender o que acontece com a nossa sociedade. Não podemos negar os fatos e, acima de tudo, é preciso ter presente a dignidade da vida humana, pois vidas importam, sim!

O caso da jovem Mariana Ferrer e do empresário André Aranha repercutiu de tal maneira pelo vazamento do julgamento, principalmente pelo fato de o advogado do empresário tê-la humilhado, dizendo: “Jamais teria uma filha do nível dela”, além de insinuar que as roupas e fotos de Mari eram provocativas, tentando responsabilizá-la pelo estupro.

Aqui, diante da realidade apresentada, sugiro a leitura do capítulo 18 de São Lucas, o caso do juiz iníquo e a viúva importuna (vv. 1-8) e a parábola do fariseu e o publicano (vv. 9-14). Ambos tratam de um sentimento que leva a todos nós a pecar e a nos esquecermos do próximo, pela vaidade  e desejo por poder.

No início do capítulo 18, as palavras do juiz, diante da viúva, são de descaso para sua causa, Jesus relata que: “Havia numa cidade um juiz que não termia a Deus e não tinha consideração para com os homens” (v.2); esta realidade apresenta a dureza do coração e o orgulho dos que deveriam lutar pela justiça em igualdade para todos.

Assim, para que houvesse uma transformação no caso e o juiz conseguisse atender ao chamado da viúva, ele precisava fazer o caminho de grande transformação e, com humildade, compreender sua relação com o poder e a justiça.

Já na realidade do publicano e do fariseu, algo de muito importante é observado: o fariseu não compreendia que estaria sendo mais honesto e correto se admitisse a sua condição e, acima de tudo, fosse humilde sem se apegar a questões vaidosas; por isso, o publicano, atento à sua realidade e condição pecadora, recolhe-se, faz suas orações sem levantar a cabeça em direção ao céu.

Assim, a realidade do próximo e nossa condição de vida em constante relação deve ser pautada nos ensinamentos de Jesus que queria exaltar os que eram humilhados, pois é com eles que se senta à mesa para comer.

Que possamos ser anunciadores da Justiça, e não propagadores de discursos vazios, como lembra Jesus ao falar dos fariseus: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Sois semelhantes a sepulcros caiados, que por fora parecem belos, mas por dentro estão cheios de ossos de mortos e toda podridão” (Mt 23,27). Diante dos fatos narrados e sobre o caso em questão, precisamos mudar a nossa mentalidade e cuidar de todos, mesmo diante da realidade de cada um. A vida deve estar em primeiro lugar.


Robson Ribeiro de Oliveira Castro  é leigo, casado. Mestre em Teologia pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE). Atualmente leciona no Instituto Teológico Franciscano (ITF). E-mail: robsonrcastro@yahoo.com.br.

Download Best WordPress Themes Free Download
Download Premium WordPress Themes Free
Download WordPress Themes
Download WordPress Themes Free
download udemy paid course for free
download huawei firmware
Download Premium WordPress Themes Free
free download udemy course

Conteúdo Relacionado