Notícias - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

Na Igreja e na Comunicação, estar ao lado dos pobres é um compromisso

14/11/2019

Notícias

Érika Augusto

São Paulo (SP) – A mensagem do Papa Francisco para o 3º Dia Mundial dos Pobres, que será celebrado neste domingo (17), foi o tema central do 6º encontro da Formação Permanente da Frente de Evangelização da Comunicação, ocorrido na quarta-feira (13). O Vigário Provincial, Frei Gustavo Medella, foi o assessor.

Estiveram presentes, através de videoconferência, os colaboradores da Fundação Frei Rogério, de Curitibanos (SC); Grupo Educacional Bom Jesus, de Curitiba (PR); Rede Celinauta, de Pato Branco (PR); Convento da Penha, de Vila Velha (ES); Editora Vozes, de Petrópolis (RJ); Pró-Vocações e Missões Franciscanas (PVF), Serviço de Animação Vocacional (SAV) e Sede Provincial, em São Paulo (SP).

Com o tema “A esperança dos pobres jamais se frustrará”, o Papa convoca os cristãos a assumirem o compromisso de não somente ajudar, mas estar ao lado dos pobres. “Requer-se uma mudança de mentalidade para redescobrir o essencial, para encarnar e tornar incisivo o anúncio do Reino de Deus”, aponta o Pontífice.

“Se a escravidão não existe mais legal e historicamente, ela se faz presente nos dias de hoje de modo muito disfarçado”, afirmou Frei Gustavo. Na mensagem, o Papa denuncia novas formas de escravidão e exploração, como o drama dos refugiados, os órfãos e os jovens que sofrem por causa de políticas econômicas excludentes. Segundo ele, os pobres são colocados como parte de uma lixeira humana, sem que isso cause culpa ou vergonha naqueles que são “cúmplices deste escândalo”.

O assessor fez um testemunho pessoal, afirmando que o texto o tocou, por sentir muitas vezes, especialmente quando na fala a respeito da “lixeira humana”. “Esta constatação do Papa doeu na minha alma, porque eu, religioso franciscano, quantas vezes não acabei sentindo isso em relação aos pobres. Quando um pedinte que se aproxima, ou vemos alguém sentado na calçada, aquela cena causa julgamentos dentro de nós. É isso que o Papa diz, que são considerados ameaçadores, incapazes, parasitas. Aqueles discursos de que, com o Bolsa Família, ninguém quer mais trabalhar, são discursos muito rasos e que acabam impondo sobre os pobres uma culpa que, muitas vezes, ou na maioria absoluta das vezes, não é deles, mas fruto de um contexto”, relatou o frade.

O Papa convoca todos os cristãos a assumirem um compromisso com os pobres, o que constitui o núcleo do Evangelho. “A fé cristã que ignora, que não extrai consequências, que desconsidera essa identificação de Deus com os mais fracos, está querendo enganar o Evangelho e torná-lo água com açúcar, ou seja, que não faz diferença nenhuma. A proposta é o contrário, é não ter medo de se colocar a serviço daqueles que mais precisam”, destacou o Vigário Provincial.

Por fim, o Pontífice aconselha a não se deter na primeira necessidade material dos pobres, mas colocar-se ao lado deles. “Os pobres não são números, são pessoas a quem devemos encontrar”, ressalta a mensagem.

Esta convocação feita pelo Papa Francisco deve ser assumida pessoal e institucionalmente. Enquanto comunicadores, refletiu-se o compromisso de dar voz e visibilidade às causas dos menos favorecidos, respondendo ao apelo feito neste 3º Dia Mundial dos Pobres. “O sofrimento não faz parte do projeto de Deus. O desafio é termos uma postura profética em nossas instituições para ajudarmos a reverter este quadro. Não devemos esquecer a dimensão da solidariedade, não por desencargo de consciência, mas por convicção”, salientou o coordenador da Frente da Comunicação, Frei Neuri Francisco Reinisch.

Na segunda parte do encontro, os participantes partilharam alguns encaminhamentos feitos no Encontro Provincial da Frente da Comunicação, realizado nos dias 17 e 18 de outubro, em Rondinha (PR). Frei Neuri destacou a importância do serviço em rede que tem sido realizado.

Os participantes partilharam os trabalhos produzidos por ocasião do Advento e Natal e também as pautas importantes de 2020, como as Missões Franciscanas da Juventude, que acontecerão em janeiro na cidade de Xaxim (SC), e a Campanha da Fraternidade.