Vida Cristã - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

São Francisco de Assis e a conversão ecológica

04/10/2021

                                                                              Imagem: Giotto (domínio público, Wikipedia)

“O ser humano não vale mais que os outros animais, as aves, os peixes e as flores!”

Frei Jacir de Freitas Faria [1]

Numa choupana, no anoitecer do outono de 03 de outubro de 1226, na bucólica Assis, na Itália, São Francisco morreu. Conforme uma tradição, ele pedira para morrer nu e que fosse colocado nu sobre a terra nua. Não sabemos se, de fato, isso aconteceu. Com esse gesto Francisco mostrou o seu desejo de morrer integrado com a mãe terra. Já debilitado, Francisco de Assis morreu rezando e cantando louvores às criaturas e à irmã morte.

Nascido no ano de 1182, na úmbria italiana, Francisco foi um homem que esteve além do seu tempo, ao cantar o amor pela natureza no seu conhecido e eternizado em muitas vozes “Cântico do Irmão Sol”. Escolhido como patrono da Itália e da Ecologia, por João Paulo II, em 1979, São Francisco é lembrado como o homem da “Paz e do Bem” por proclamar que a natureza é a mais alta glorificação do Criador, e que nela somos todos irmãos. É também a paz e não às armas!

O olhar de São Francisco é ecológico e não romantizado, como querem alguns. No mundo medieval marcado pela indústria do vidro que queimava madeira, pelos cortumes e abates de animais que poluíam as águas, Francisco clama, já naquela época, por um cosmocentrismo, isto é, a natureza e não o ser humano deve estar no centro da criação, do mundo, do cosmos.

Para São Francisco, o ser humano não vale mais que os outros animais, as aves, os peixes e as flores. Não somos superiores a eles. Isso é incrível! Um homem medieval intuir que a vida merece respeito na sua diversidade, que somos parte da cadeia evolutiva da vida e não somos os atores principais, no máximo regentes. E quando não agimos assim, a natureza dá seu recado. Que o diga a entrada do coronavírus no corpo humano.

São Francisco foi um profeta que nos convoca a uma conversão ecológica que inclui a natureza e o ser humano. É como disse o Papa Francisco, num discurso na ONU, em 2020: “A crise ambiental é intimamente ligada à crise social e que o cuidado com o ambiente exige uma abordagem abrangente para lidar com a pobreza e combater a exclusão”.

Não basta cantar com São Francisco: “Louvado sejas meu Senhor com todas as tuas criaturas!” É preciso buscar novas relações fraternas entre o ser humano e a natureza. “A criação geme em dores do parto” (Rm 8,22). A vida no planeta depende de nós, de uma visão de fraternidade universal humana e ecológica, sem desperdício, sem consumismo desvairado que agride a natureza, mas protegendo o biossistema que clama por paz e bem. E isso depende de mim, depende de você, depende de nossa conversão ecológica. Paz e Bem!


[1]Doutor em Teologia Bíblica pela Faje (BH). Mestre em Ciências Bíblicas (Exegese) pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma. Professor de Exegese Bíblica. É membro da Associação Brasileira de Pesquisa Bíblica (ABIB). Sacerdote Franciscano. Autor de dez livros e coautor de quinze. Último livro: O Medo do Inferno e arte de bem morrer: da devoção apócrifa à Dormição de Maria às irmandades de Nossa Senhora da Boa Morte (Vozes, 2019). Youtube: Frei Jacir Bíblia e Apocrifos. https://www.youtube.com/channel/UCwbSE97jnR6jQwHRigX1KlQ

Download Nulled WordPress Themes
Download WordPress Themes Free
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Nulled WordPress Themes
online free course
download intex firmware
Premium WordPress Themes Download
udemy course download free