Vida Cristã - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

Sábado da 2ª semana do Advento

  • Primeira leitura
  • Salmo
  • Evangelho
  • Sabor da Palavra
Memória de São João da Cruz, Doutor da Igreja

Eclesiástico 48,1-4.9-11

Naqueles dias, 1 o profeta Elias surgiu como um fogo, e sua palavra queimava como uma tocha. 2 Fez vir a fome sobre eles e, no seu zelo, reduziu-os a pouca gente. 3 Pela palavra do Senhor fechou o céu e de lá fez cair fogo por três vezes. 4 Ó Elias, como te tornaste glorioso por teus prodígios! Quem poderia gloriar-se de ser semelhante a ti? 9 Tu foste arrebatado num turbilhão de fogo, num carro de cavalos também de fogo; 10 tu, nas ameaças para os tempos futuros, foste designado para acalmar a ira do Senhor antes do furor, para reconduzir o coração do pai ao filho e restabelecer as tribos de Jacó. 11 Felizes os que te viram e os que adormeceram na tua amizade!

Palavra do Senhor.

Sl 79 (80)

Convertei-nos, ó Senhor, / resplandecei a vossa face e nós seremos salvos!

Ó pastor de Israel, prestai ouvidos. / Vós que sobre os querubins vos assentais. /
Despertai vosso poder, ó nosso Deus, / e vinde logo nos trazer a salvação! – R.

Voltai-vos para nós, Deus do universo! † Olhai dos altos céus e observai. /
Visitai a vossa vinha e protegei-a! / Foi a vossa mão direita que a plantou; /
protegei-a, e ao rebento que firmastes! – R.

Pousai a mão por sobre o vosso protegido, / o filho do homem que escolhestes para vós! /
E nunca mais vos deixaremos, Senhor Deus! / Dai-nos vida, e louvaremos vosso nome! – R.

Mateus 17,10-13

Ao descerem do monte, 10 os discípulos perguntaram a Jesus: “Por que os mestres da lei dizem que Elias deve vir primeiro?” 11 Jesus respondeu: “Elias vem e colocará tudo em ordem. 12 Ora, eu vos digo, Elias já veio, mas eles não o reconheceram. Ao contrário, fizeram com ele tudo o que quiseram. Assim também o Filho do homem será maltratado por eles”. 13 Então os discípulos compreenderam que Jesus lhes falava de João Batista.

Palavra da Salvação.

“Elias já veio, mas não o reconheceram”.

Os discípulos ainda não compreendem bem os projetos de Jesus, confirmação disso é a dúvida surgida no Evangelho sobre a possível vinda do Profeta Elias. Muito tempo já estando com o Mestre e pouco entendem quem realmente é aquela figura tão divina e tão humana que está ao lado. De fato, não é fácil decifrar os planos de um Deus que se fez homem entre os homens, muito menos ainda interpretar suas palavras cheias de vida e ao mesmo tempo tão enigmáticas. Por outro lado, Jesus se mostra paciente com a falta de compreensão dos discípulos na construção do Reino que Ele tanto pregava.

Muito nos assemelhamos aos discípulos do Evangelho na falta de atenção que temos ao ouvir a verdade pronunciada dos lábios do mestre. Estar com o Cristo deve ser nossa prioridade primeira na vida, e para isso se faz necessário calar nossa agitação interior e escutar diligentemente cada sílaba pronunciada pelo Filho do Altíssimo. Deus nos conceda a graça da escuta para interpretarmos corretamente as Palavras de Cristo.

Reflexão feita pelos noviços.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.