Quem somos - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

José Reinaldo Arezo

* 02.04.1960               †13.02.2002

No dia 12, terça-feira de carnaval, às 20 horas, Frei Reinaldo celebrou a missa de encerramento de um retiro de carnaval, numa das capelas da Paróquia de São Lourenço. Como de costume, após a missa permaneceu num encontro e bate-papo com as pessoas da comunidade no páteo externo da igreja.

Por volta das 21h15, recebeu uma ligação pelo telefone celular, despediu-se dizendo ter recebido um chamado urgente, e saiu para atender alguém. Não se sabe se para um doente ou algum outro caso de atendimento imprevisto. Não retornou aquela noite ao convento, e os confrades só se deram conta de sua ausência na manhã da quarta-feira e ficaram preocupados.

Logo cedo, receberam um telefonema do delegado de Conceição do Rio Verde, município vizinho, distante aproximadamente uns 40 km de S. Lourenço, pedindo a presença de um frade para fazer o reconhecimento do corpo de Frei José Reinaldo.

Frei João Alves saiu imediatamente para o local. O corpo fora encontrado numa estrada de terra, próximo do asfalto, estando fora do carro, com as mãos amarradas às costas e estrangulado com um cinto ou correia de bolsa; com muitos ferimentos, hematomas, perfurações no rosto e cabeça, deslocamento do maxilar, indicando que sofrera espancamento e tortura demorada, provavelmente executada por duas ou três pessoas. Segundo o referido delegado, moradores da zona rural, próximos do local, perceberam faróis de carro e presença de pessoas, por volta das três horas da madrugada, mas só foram ao local quando o dia já havia amanhecido. Tendo encontrado o corpo, comunicaram à delegacia local.

Após o reconhecimento, o corpo foi levado para o IML da cidade de Varginha, onde seria feita a perícia técnica, e liberado na noite da quarta-feira de cinzas, quando foi conduzido para São Lourenço. Por volta das 24 horas, iniciou-se o velório na igreja matriz com grande afluência da comunidade durante toda a noite.

Às 11 horas do dia 14, teve início a celebração da missa exequial, presidida por D. Diamantino Prata de Carvalho, bispo diocesano de Campanha, concelebrada pelos padres da diocese, por grande número de confrades, seus colegas de turma, com a presença dos pais e irmãos do Reinaldo, amigos e paroquianos dos locais onde viveu e trabalhou (S.J. Meriti, Nilópolis, Guará, Pari). Por volta das 12h30, Frei Caetano procedeu à encomendação do corpo, seguindo-se o sepultamento.

O frade menor

A morte de Frei Reinaldo, e sobretudo a circunstância em que ocorreu, trouxe impacto, consternação, dor e indignação para o coração do povo, dos seus confrades, familiares e amigos. Ela colheu um frade jovem e dinâmico, liderança promissora na Igreja e na Província: mistério da vida, mistério da morte! Em todas as comunidades que serviu e trabalhou deixou a marca de sua alegria, de sua disponibilidade, de sua competência.

Quase sempre, onde viveu e trabalhou, era eleito pelos confrades para a serviço de coordenação dos Regionais: Baixada Fluminense, Vale do Paraíba e São Paulo.

Durante algum tempo, lecionou em Petrópolis, dando cursos intensivos de administração paroquial, para as turmas do último ano de teologia. Participou da comissão preparatória do último Capítulo Provincial, e nela foi presença atuante, consciente e eficaz, com grande capacidade de conciliação e visão das coisas. Tinha dotes musicais: gostava de cantar e animar as celebrações com entusiasmo e alegria.

Frei Reinaldo partiu no início desta quaresma, quando a Igreja aponta para o sonho de “uma terra sem males”, onde todos tenham direito à vida e possam conviver como irmãos. Que o Deus da misericórdia lhe conceda a paz e o repouso eterno, como cidadão dos “novos céus”, e nos ensine a construir aqui uma “nova terra”!

Dados Pessoais

Natural: Guaratinguetá – SP
Admissão ao noviciado: 20/01/1981
1ª profissão: 20/01/1982 – 20 anos de vida franciscana.
Profissão solene: 02/08/1985.
Ordenação presbiteral: 30/01/1988 – 14 anos de sacerdócio.

Atividades na Evangelização

1988 – 1989: Nilópolis-Aparecida – RJ – vigário paroquial.
1990 – 1991: Rio de Janeiro – Sono – Viso – administração.
1992 – 1994: Guaratinguetá – Graças – atendimento, vigário da casa.
1995 – 1997: São João de Meriti – RJ – guardião e pároco.
1998 – 2000: São Paulo – Par- SP – pároco.
2001 – 2002: São Lourenço – MG – guardião e pároco.

Download WordPress Themes
Download Nulled WordPress Themes
Premium WordPress Themes Download
Download Premium WordPress Themes Free
udemy free download
download redmi firmware
Download Nulled WordPress Themes
free download udemy course
ACESSE A LISTA COMPLETA DE FRADES FALECIDOS