Quem somos - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

Hugolino Back

* 06/05/1926              † 19/04/2011

Frei Hugolino Back, aos 85 anos, faleceu nesta terça-feira (19/04), às 14h30, em Florianópolis. Já nesta segunda-feira, o médico que o acompanhou, o Dr. Aiuka Almeida, adiantava que a doença – neoplasia de estômago, com metástases peritoneais e hepáticas –havia progredido muito rápido e o quadro era grave. Frei Hugolino faleceu no Hospital de Caridade da capital catarinense e vai será sepultado hoje, às 14 horas, na cidade onde residia: Santo Amaro da Imperatriz. Seu corpo está sendo velado desde às 20 horas na igreja matriz.

Frei Hugolino Back e o apostolado da saúde

O antigo convento que serviu de residência aos frades no início do século passado, depois passou para as Irmãs da Divina Providência e foi adquirido pela Família Müller, hoje é simplesmente conhecido como Conventinho do Divino Espírito Santo. Ele foi o espaço escolhido por Frei Hugolino Back para exercer o seu apostolado da saúde e cura, através da imposição das mãos. Diariamente, centenas de pessoas procuravam o frade para buscar alívio aos seus males.

Quando chegou a Santo Amaro, em 27 de abril de 1985, Frei Hugolino era auxiliado por seu primo Frei Gervásio Perardt. Nos últimos meses, mesmo doente, caminhando com dificuldades, Frei Hugolino passava o dia inteiro nesta “prática milenar” e que, segundo ele, foi repetida no Evangelho por Jesus: Ide e curai os doentes impondo-lhes as mãos.

Ao meu pedido de entrevista, em setembro de 2010, ele preferiu fazer um depoimento sobre sua vida, desde o nascimento até os dias de hoje.

Nascido no Rancho de Táboas, no interior do município de Angelina, Frei Hugolino conta que seu nascimento gerou muito expectativa na família. “Minha mãe havia perdido dez gestações. Com medo de acontecer o mesmo, fez uma promessa a Nossa Senhora de Lourdes, na Gruta de Angelina, que subiria o morro, percorrendo as 14 estações da Via Sacra, com o menino nos braços”.

Evaldo, seu nome de batismo, nasceu um bebê forte e bonito. Passados os 40 dias de repouso, Dª Maria cumpriu a promessa. No caminho para a casa dos pais da mãe, um acidente com o cavalo jogou a mãe e o bebê para dentro de uma valeta. Querendo sair da vala, o cavalo pisoteou a cabeça do menino.

Segundo Frei Hugolino, sua vida começa a mudar aqui. Dado como morto, o bebê já estava sendo velado quando o tio Pedro, futuro Frei Crispim, pegou o bebê no colo e gritou para ele voltar à vida. O espanto tomou conta de todos quando a criança começou a chorar. Segundo Frei Hugolino, no lado em que sua cabeça foi pisoteado, formou-se uma profunda concavidade, “como uma bola murcha”. “O mais incrível é que ao longo dos anos a marca desapareceu sem precisar de cirurgia”.

No livro “O Poder da fé”, de Pedro A. Grisa, fazendo uma análise parapsicológica diz o seguinte: “Se Evaldo esteve realmente morto, ou apenas em estado cataléptico, durante tantas horas, não se questiona. O que importa é que Pedro, com sua fé e poder mental, o trouxe de volta à vida, para que o mundo pudesse conhecer e ser beneficiado com os poderes curativos desse fantástico e sempre modesto frade franciscano Frei Hugolino Back”.

O religioso e os poderes paranormais
Aos 16 anos, sua vocação religiosa começou a ficar mais forte. Contudo, tinha medo da reação do pai, porque era arrimo de família e não sabia ler para entrar no convento. Mas o tio Crispim o tranquilizou: “Para ser um irmão leigo, como eu, não é preciso ter estudos”.  Com o apoio do pai, Evaldo ingressou no seminário e recebeu o nome de Frei Hugolino. Além de Frei Crispim, Frei Gervásio e Frei Hugolino, todos da mesma família, é considerado paranormal Frei Zeno Walbroehl, que morou em Angelina.
Em 1974, com 47 anos, doente e cansado, Frei Hugolino trabalhava no Convento de Blumenau. Um dia recebeu a notícia que um parapsicólogo, Pe. Arlindo Mombach, iria ministrar um curso sobre o poder da mente. Convidado pelo palestrante, ele gostou muito do que ouviu, mas tirou a pior nota da turma. Envergonhado, surpreendeu a todos ao se levantar e gritar: “É assim mesmo que serei célebre!”

O curso despertou o interesse em Frei Hugolino, que passou a ler livros de Parapsicologia e ensaiar experiências, até perceber que conseguia mumificar carnes. E Pe. Arlindo ensinou a mumificar à distância. A partir deste momento, através da imposição das mãos, curou doenças, fazendo crescer o apostolado  em Blumenau e, segundo ele, fazendo crescer também a desconfiança de seus confrades.

Transferido para a Alemanha, ele decidiu não mais fazer uso de seus poderes. Mas voltou às mumificações quando se deparou diante de muitos coelhos selvagens na horta que cuidava. Ele resolveu contar aos confrades alemães sobre suas experiências e lá também aconteceu o mesmo fenômeno de Blumenau.

Ao voltar para o Brasil, enfrentou novamente dificuldades para convencer as pessoas de seus poderes. Por exemplo, em Angelina, o guardião, as irmãs e o poder público não o quiseram lá. Foi a partir de então que encontrou o local que sonhou em Santo Amaro da Imperatriz. Nos últimos anos, fez seu apostolado da saúde no Conventinho do Espírito Santo.

Moacir Beggo

Dados pessoais e formação

• Nascimento: 06 de maio de 1926 (85 anos).
Natural de Angelina – SC
Pais:  Vendelino Back e Maria Perardt Back
Irmãos: duas irmãs gêmeas. Seu irmão gêmeo faleceu quando pequeno ainda.
• 1960 02/02  Guaratinguetá / Seminário
• 1971 15/01  Rio de Janeiro / Santo Antônio.
• 1976 20/09  Blumenau
• 1980 18/01  Alemanha / Mörmter / Xanten
• 1982 15/12  Guaratinguetá / Graças
• 1985 23/04  Santo Amaro da Imperatriz

Download WordPress Themes
Download Nulled WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Premium WordPress Themes Download
download udemy paid course for free
download lava firmware
Download Best WordPress Themes Free Download
ZG93bmxvYWQgbHluZGEgY291cnNlIGZyZWU=
ACESSE A LISTA COMPLETA DE FRADES FALECIDOS