Quem somos - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

Conrado Rosbach

* 13.02.1916               †20.07.2003

Faleceu em Avelar (RJ), depois de ter sido levado ao hospital local, em consequência de uma forte crise de tosse. No dia 2 de julho, Frei Conrado já havia sido internado no Rio de Janeiro com estreitamento do esôfago, problema que o acompanhou durante muitos anos.

O frade menor

Homem de caráter calmo, sereno, amável e bondoso. Todas as pessoas, coanfrades, amigos e paroquianos, tinham grande estima por ele. Não em função de grande dotes intelectuais ou por obras e realizações feitas, mas por sua bondade. Inspirava sempre a noção de alguém centrado nas coisas essenciais.

Em Cabo Frio e Avelar, onde viveu a maior parte de seus anos, era amado e respeitado por todos, como amigo, irmão e pai. Solícito, trabalhador, humilde, desapegado. Viveu com simplicidade, servindo como verdadeiro frade menor.

Certamente os anos passados nos campos de prisioneiros durante a guerra, deixaram nele marcas profundas, sobretudo em sua saúde, e que a mão de Deus soube transformar em virtudes. Quando D. Paulo Evaristo Arns, em Garnstock, foi encarregado de examiná-lo nos estudos para o encaminhamento ao Brasil, apresentou-o ao Ministro provincial, com as palavras: “Ele conheceu as maiores provas que a Providência costuma impor a um missionário e não se deixou vencer por elas”.

O legado próprio de Frei Conrado é aquela capacidade humana e religiosa de não se deixar determinar pelo que é negativo da vida, acolhendo e integrando o sofrimento como superação, crescimento e abertura para a vida. R.I.P.

DADOS PESSOAIS

 Nascimento: 13/02/1916 (87 anos), em Hermuelhein, AL.
 Nome de batismo: Johannes Peter Rosbach.
 1936: Ingressou no Seminário de Garnstock, Bélgica, onde permaneceu até 1939, para os estudos ginasiais.
 2ª Guerra Mundial: Serviu como soldado e foi prisioneiro em campos russos durante 5 anos. Neste período, organizou celebrações católicas junto aos padres, também prisioneiros, e depois na ausência deles.
 1950: Retornou ao Colégio de Garnstock para a continuação e conclusão dos seus estudos.
 12/05/1951: Chegou ao Brasil.
 19/12/1951: Aos 35 anos de idade, recebeu o hábito franciscano no Noviciado, em Rodeio – SC (51 anos de vida franciscana).
 20/12/1952: 1ª profissão dos votos temporários.
 1953 – 1954: estudos de Filosofia, em Curitiba-PR.
 1955 – 1958: estudos de Teologia, em Petrópolis-RJ.
 20/12/1955: profissão solene dos votos perpétuos.
 16/12/195: ordenação sacerdotal (45 anos de ministério sacerdotal).
 1959: Estágio Pastoral, no Convento S. Antônio-RJ.

ATIVIDADES NA EVANGELIZAÇÃO

 1960 – 1916: Duque de Caxias – RJ – vigário paroquial.
 1962 – 1964: Bauru – SP – vigário paroquial.
• 1965 – 1969: Rodeio – SC – vigário da casa; e formador do Noviciado; assist. da OFS.
 1970 (1º semestre): Xaxim – SC – vigário paroquial.
 1970 (2ºsemestre) – 1976:Cabo Frio – RJ – vigário paroquial; pároco; guardião.
 1977 – 2003: Paty do Alferes; Andrade Pinto; Avelar – vigário paroquial.

 

Download Premium WordPress Themes Free
Download Premium WordPress Themes Free
Download Premium WordPress Themes Free
Download Premium WordPress Themes Free
download udemy paid course for free
download coolpad firmware
Download WordPress Themes Free
ZG93bmxvYWQgbHluZGEgY291cnNlIGZyZWU=
ACESSE A LISTA COMPLETA DE FRADES FALECIDOS