Quem somos - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

Otávio Scheineder

* 08.06.1918               †24.04.2002

Faleceu por volta das 03h00, no Hospital da VOT-RJ, em conseqüência de parada cardíaca. No dia 9 de abril, sofrera um infarto. Hospitalizado em Ipanema, posteriormente foi transferido para o Hospital da VOT. Após alguns exames iniciais, constatou-se quadro muito complicado, agravado pelo acúmulo de água nos pulmões. Temia-se que ele não resistiria ao exame de cateterismo, do qual dependia a decisão de cirurgia cardíaca. Feito o exame, resistiu, e a equipe médica concluiu pela necessidade urgente da cirurgia, porém, de alto risco. Nos dias seguintes, tratou-se de colocá-lo em condições de suportar a cirurgia. Na manhã da 2ª feira, dia 22, foi operado, sem maiores dificuldades.

Após uma hora na UTI teve uma intensa hemorragia interna e teve que retornar ao centro cirúrgico para nova cirurgia com o objetivo de estancar a hemorragia. Na manhã de terça-feira, por volta das 5h00, teve parada cardíaca e foi reanimado com massagens. A partir daí, os médicos não davam muitas esperanças de recuperação. Desde que foi internado só respirava com ajuda de aparelhos.

O frade menor

Os moradores do bairro carioca de Ipanema conheciam bem Frei Otávio. Há mais de trinta anos vivia e exercia seu ministério sacerdotal na Paróquia de Nossa Senhora da Paz, na República Independente de Ipanema. Os antigos bem se lembram do brilho e da importância da Paróquia de Nossa Senhora da Paz. A Casa da Paz era sinônimo de trabalho, de vanguardismo, de busca de caminhos novos, de assistência social. Ipanema foi e é lugar de bossa nova, da garota de Ipanema, de sol, de sal e de praia. E o franciscano, alemão e místico chamado Frei Otávio vivia nessa terra tão marcadamente carioca. Morreu ele na manhãzinha do dia 24 de abril no Hospital da Venerável Ordem Terceira da Penitência no bairro da Tijuca/Usina, tendo sido ali acolhido pelos confrades que lá moram. Ninguém havia percebido nada de estranho na saúde de nosso confrade. Continuava ele sua rotina normal: celebração da missa, plantões de confissões, acompanhamento do movimento das almas pequenas e, sobretudo, visita aos doentes para consolá-los, administrar-lhes a unção dos enfermos e levar-lhes a comunhão. Todos os sábados celebrava missa no Hospital de Ipanema. Uns quinze dias antes de falecer, passando por uma clínica particular de Ipanema, onde já era conhecido, nosso confrade passou mal. Transpirava muito e sentia fortes incômodos. Estava enfartando. Conseguiu entrar na clínica. Dali foi levado para a VOT. Sucederam-se os exames. Foi feito um cateterismo. O coração estava gravemente comprometido. No dia 22 de abril, uma segunda-feira, Frei Otávio foi submetido a uma cirurgia para a colocação de duas pontes de safena e uma mamária. Ao voltar para o quarto, devido à fragilidade de seu organismo e idade, Frei Otávio teve um rompimento do ventrículo. Foi levado novamente à sala de cirurgia na tarde do dia 22. Seu pós-operatório inspirou sérios cuidados. Os médicos tentaram ainda colocar uma sonda. Na manhãzinha do dia 24 de abril terminou ele sua caminhada nesta terra. Sim, Frei Otávio, na verdade, há muito tempo vivia com um pé na terra e o coração nas alturas. Era um frade diferente! Certamente alguém muito estimado pelo Pai Francisco.

Dados Pessoais e formação

Nascimento: 08/06/1918 – 83 anos; em Konnersreuth, Alemanha.
1929-maio/33: estudos no Seminário de Garnstock, Bélgica.
20/05/1933: desembarque no Brasil (69 anos de BR).
maio/33-1934: Seminário de Rio Negro, PR.
20/12/1934: vestição; ano de noviciado, em Rodeio-SC.
21/12/1935: primeira profissão temporária dos votos religiosos (68 anos de VF).
1935-1936: estudos de Filosofia, em Rodeio-SC.
1937-1938: estudos de Filosofia, em Curitiba-PR.
1939-1941: estudos de Teologia, em Petrópolis-RJ.
09/06/1939: profissão solene na Ordem dos Frades Menores.
12/06/1941: ordenação sacerdotal (61 anos de sacerdócio).

ATIVIDADE EXERCIDAS

jan.fev. 42: estágio pastoral em Campos do Jordão-SP.
1942-44: Guaratinguetá-SP – professor no seminário.
1945-46: Rio Negro, PR – professor no seminário.
1947-53: Guaratinguetá-SP – professor no seminário e atividade pastoral na paróquia, nos finais de semana.
1954-65: Curitiba, PR – Mestre dos frades filósofos.
1966-2002: 36 anos Ipanema, RJ – confessor e atendimento dos doentes.

Free Download WordPress Themes
Download WordPress Themes
Premium WordPress Themes Download
Download Premium WordPress Themes Free
free online course
download redmi firmware
Download WordPress Themes
download udemy paid course for free
ACESSE A LISTA COMPLETA DE FRADES FALECIDOS