Quem somos - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

Carlos Schmitt

* 27.01.1919               †16.01.2006

Nosso confrade faleceu ontem, 16, por volta das 18 horas, no Hospital Santa Isabel, em Blumenau, em conseqüência de um derrame sofrido dia 13. A febre alta não o deixou mais, e o quadro foi se complicando gradativamente. Hoje serão celebradas duas missas exequiais em Blumenau: às 8 horas, no Hospital Santa Isabel, onde ele foi capelão por 11 anos; e às 10 horas, na Catedral São Pedro Apóstolo, presidida pelo bispo diocesano, D. Angélico Bernardino. Após a missa, segue-se o translado para Gaspar, sua terra natal, onde será velado até às 16 horas, quando acontece a terceira missa exequial seguida do sepultamento.

O Frade Menor

• Em seu relato auto-biográfico, de 1982, D. Carlos comenta alguns fatos que o marcaram durante os primeiros anos de seu ministério sacerdotal. Preparado para atuar na pregação das Missões Populares, em duas ocasiões, a obediência o conduziu para trabalhar nas casas de formação. Suas duas únicas experiências pastorais aconteceram como padre jovem, na Baixada Fluminense e nos quatro anos em Xaxim. Nem por isso, deixou-se tomar por amarguras ou magoas. Não há qualquer palavra de crítica ou ressentimentos.

• Inúmeras vezes abdicou de seus ideais pessoais, como frade e sacerdote, para atender as necessidades da Província, mesmo já como estudante em Rio Negro, quando foi enviado, aos 15 anos, para os estudos na Holanda. No entanto, sentia-se muito gratificado por ver um bom número de frades, entre os seus ex-alunos.

• Por fim, relatou que o que mais gostava de fazer era o atendimento individual dos fiéis, ao modo de “Jesus e Nicodemos”. Nos seus 30 anos de permanência no Hospital Santa Isabel, certamente ele pode exercer profundamente este ministério tão genuinamente episcopal do “Bom Pastor”, no atendimento e no consolo dos enfermos, administrando os sacramentos. Ali estava a sua “catedral” e a sua “sede episcopal”, bem ao modo franciscano, no silêncio, na discrição e na humildade.

• Nosso agradecimento a Deus, por uma vida tão recolhida e valiosa! Agradecimento extensivo às Irmãs da Divina Providência do Hospital Santa Isabel, em Blumenau, que foram para ele a benção da companhia, da assistência e da caridade sem limites. Deus as recompense!

Dados Pessoais

• Nascimento: ” 27.01.1919, em Gaspar-SC (86 anos de idade).
• Nome de batismo: Stanislau.
• Filiação: Nicolau Miguel Schmitt e Cecília Hostin Schmitt. O casal teve 9 filhos (3 homens e 6 mulheres), dos quais, D. Carlos era o sétimo.
• Cursou os quatro anos do Ensino Básico na Escola Paroquial de Gaspar
• 23.01.1931, aos 12 anos de idade, ingressou no Seminário São Luís de Tolosa, em Rio Negro-PR.
• Em maio de 1934, foi transferido para o Colégio São Luís de Tolosa, em Vlodrop, Holanda, pertencente à Província da Santa Cruz da Saxônia, Alemanha, onde continuou os estudos do Ensino Médio.
• Em maio de 1938, retornou ao Brasil e, em 11.07.1938 recebeu o hábito na admissão ao Noviciado Franciscano, em Rodeio-SC (67 anos de vida franciscana).
• Em 14.07.1939, ao término do noviciado, fez a primeira profissão religiosa dos votos temporários.
• Ainda em 1939, iniciou o primeiro ano do Curso de Filosofia em Rodeio, e em 1940, o segundo ano, em Curitiba-PR.
• 1941-1944 – Estudos de Teologia, em Petrópolis-RJ.
• Em 14.07.1942, a profissão solene dos votos perpétuos na Ordem Franciscana.
• Em 29.11.1942, ordenado diácono, por D. José Pereira Alves, em Petrópolis-RJ
• Em 28.11.1943, ordenado presbítero, por D. José Pereira Alves, em Petrópolis-RJ.
(62 anos de ministério sacerdotal)
• 1944, o quarto ano do curso de Teologia, em Petrópolis.

ATIVIDADES NA EVANGELIZAÇÃO E MINISTÉRIO EPISCOPAL

• 1945 – Curso e treinamento para a pregação de Missões Populares, em Petrópolis.
• Nestes dois últimos anos, exerceu o ministério na Capela de Pau Grande, na Baixada Fluminense.
• 1946-1947 – Seminário São João Batista, em Luzerna-SC, prefeito de estudos.
• 1948-1950 – Seminário N. Sra. de Fátima, em Rodeio, prefeito de estudos.
• 1951-1954 – Seminário Frei Galvão, em Guaratinguetá-SP, professor.
• 1955 – Convento e Paróquia Santo Antônio, em Florianópolis – preparação para as missões populares.
• 1956-agosto 1960 – Guardião e pároco, em Xaxim-SC.
• Em 29.08.1960, eleito bispo de Dourados-MT, pelo Papa João XXIII. (45 anos de ministério episcopal)
• Em 28.10.1960, ordenado bispo, em Roma, pelo Papa João XIII.
• 08.01.1961, início do ministério episcopal, em Dourados (9 anos na diocese).
• Em 21.02.1970, renúncia do ministério na Diocese de Dourados.
• De 04.05.1970 a 31 de outubro de 1975, bispo auxiliar de Lages-SC.
• 1975-2006 – Capelão dos Hospitais Santo Antônio e Santa Isabel, em Blumenau-SC.

Premium WordPress Themes Download
Free Download WordPress Themes
Download Nulled WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
free download udemy paid course
download lenevo firmware
Free Download WordPress Themes
free download udemy course
ACESSE A LISTA COMPLETA DE FRADES FALECIDOS