Vocacional - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

Semana Santa – Por sua morte a a morte viu o fim!

02/04/2018

Reconhecido exteriormente como homem, humilhou-se, obedecendo até à morte, até à morte humilhante numa cruz. Por isso Deus o exaltou sobremaneira e deu-lhe o nome mais excelso, mais sublime, e elevado muito acima de outro nome.



O Convento São Boaventura, de Campo Largo-PR, viveu intensamente a Semana Santa. Frades estudantes de Filosofia acompanhados da fraternidade permanente puderam, sempre de novo, recordar a dolorosa trajetória final do Filho de Deus entre os homens. Foram dias de profunda reflexão e de imersão na mística própria deste tempo forte da Igreja.

Iniciando no Domingo de Ramos, Frei Rodrigo da Silva Santos presidiu a celebração da entrada triunfal de Jesus em Jerusalém sob aclamações de “Hosana ao Filho de Davi!”.

O tríduo Pascal, iniciou-se na quinta-feira (29/03) com a celebração da Ceia do Senhor, dia da instituição da Eucaristia e do Sacerdócio. Jesus faz-se o menor, o servidor e seu gesto de amor é humildade é recordado no rito do “Lava pés”. A celebração foi presidida por Frei Jean Carlos Ajluni Oliveira e participaram deste rito membros da comunidade local, e também as famílias Bittar, Al Hosh e Wagass oriundas das cidades de Daraa e Damasco na Síria. Em seguida, as famílias Sírias também participaram da Celebração do Ágape, na qual servem-se pães ázimos, cordeiro, ervas amargas e vinho num antigo costume de festejar o amor doação, o amor sem limites de Deus por nós.

A sexta-feira (30/03) reservou-nos a celebração da Paixão do Senhor, momento singular onde o Deus feito homem chega ao ápice de sua doação, oferecendo a própria vida. A solenidade foi presidida por frei Ary Pintarelli que recordou o real significado da cruz, elemento banalizado em nossos dias, que se tornou um adorno, uma joia, uma peça de bijuteria, uma estampa na camiseta, e que em nada remete ao seu real significado, o de evidenciar o sacrifício de Cristo, Cordeiro imolado por nossos pecados. Este dia encerrou-se com a procissão da Via Sacra perfazendo a área externa do convento, onde cada uma das estações fez menção aos sofrimentos de Cristo, relacionando-os ao sofrimento dos excluídos de nossa sociedade.

No sábado-santo (31/03), frei Valdir Laurentino celebrou a Vigília Pascal, tendo como concelebrante Frei Ary Pintarelly. Nela, nossa dor já transformada em espera confiante, tornou-se então a “noite de alegria verdadeira, que uniu de novo o céu e a terra inteira”. A morte fez-se vida, o desespero tornou-se viva esperança, a escuridão desfez-se diante de tão brilhante luz. Jesus Ressuscitou! aleluia! Aleluia!

Por fim, no Domingo de Páscoa (01/04), Frei Rodrigo da Silva Santos celebrou a Ressurreição de Jesus e a luz do Evangelho, exortando-nos a ir ao encontro do Cristo ressuscitado, presente no rosto de nossos irmãos necessitados.

Encerrando o período da quaresma e adentrando agora o tempo pascal, também nós devemos deixar-nos tocar por este Cristo, renova.


 Frei Rodrigo José Silva, ofm.

Download Nulled WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Best WordPress Themes Free Download
lynda course free download
download samsung firmware
Download WordPress Themes
free download udemy paid course