Santo Antônio nas Casas de Leis

02/06/2023

Depois de receber honras militares na Marinha, nesta quinta-feira, 1º de junho, foi o dia em que a Imagem Peregrina de Santo Antônio visitou as Casas Legislativas do Município e do Estado do Rio de Janeiro. Às 10h, a imagem, conduzida por seguranças da Casa, subiu as escadarias do Palácio Pedro Ernesto, na Cinelândia, sede do Legislativo Municipal. Acompanharam o Santo, o guardião, Frei Walter Ferreira Junior, o pregador da Trezena, Frei Gabriel Dellandrea, e Frei Gustavo Medella. A imagem foi recebida pelo Coral da Câmara Municipal, sob a regência da Maestrina Cassia Borja, entoando a Oração de São Francisco. Também participaram da celebração de bênção o presidente da Câmara, Vereador Carlo Caiado, o Primeiro Secretário, Vereador Rafael Aloisio Freitas e, representando o Prefeito Eduardo Paes, o Secretário Municipal de Educação, Renan Ferreirinha, além de funcionários e visitantes.

Na breve reflexão que conduziu, Frei Gustavo Medella recordou a proximidade física, histórica e também afetiva que existe entre o Convento Santo Antônio e a Câmara Municipal. “Esta proximidade é real e palpável. E para evidenciar de Santo Antônio é de fato amigo do povo carioca e de todos que trabalham e frequentam esta casa, é que hoje estamos aqui, pedindo bênçãos generosas para vocês, suas famílias e seus trabalhos. Contem sempre com o auxílio e a proteção de Santo Antônio junto a Deus”, motivou Frei Gustavo. Em nome dos anfitriões, falaram os Vereadores Carlo Caiado e Rafael Freitas, agradecendo a presença da imagem, dos frades e as bênçãos que esta visita representava como força diante da difícil e exigente missão da Casa Legislativa.

Durante a bênção dos pães, vereadores anfitriões e o Secretário de Educação foram convidados a segurar a cesta como sinal do compromisso dos homens públicos com a promoção do bem e da justiça. Logo após, eles mesmos foram convidados a distribuir os pãezinhos a todos os presentes. De forma bem-humorada e carinhosa, o coral entoou “Isso é lá com Santo Antônio”, irreverente clássico do Cancioneiro Junino.

Em seguida, a imagem seguiu para o Prédio da Assembleia Legislativa (ALERJ), onde foi recepcionada por um grupo de funcionários da casa e conduzida ao Gabinete da Presidência para um breve momento de Bênção. Logo após, no 21º andar do grande prédio da ALERJ, foi celebrada a missa, conforme ocorre todas às quintas-feiras, às 12h15, presidida pelo Capelão da casa, Padre Manoel Pacheco, e concelebrada por Frei Gustavo e Frei Claudio Broca. Também a missa foi momento especial de pedir bênção e intercessão de Santo Antônio aos deputados e a todos os trabalhadores daquela casa. Participaram da missa os Deputado Estadual Fred Pacheco e o Deputado Federal Otávio Leite.

Nesta sexta-feira, dia 02/06, a imagem peregrina vai até a Rádio Tupi, às 7h30, e às 10h30, chega à Sede da Fecomércio, no Bairro do Flamengo.

SEGUNDO DIA DA TREZENA

No segundo dia da Trezena de Santo Antônio, que está em andamento no Convento Santo Antônio, no Largo da Carioca no Rio de Janeiro, o pregador Frei Gabriel Dellandrea falou sobre o tema do dia: “Santo Antônio: entrega sua nobreza àquilo que é mais nobre: Deus!”, nas Missas das 12h e 18h.

“Eu, às vezes, fico bastante admirado com a quantidade de coisas que nós temos a possibilidade de ver num mesmo dia, ainda mais agora com o celular, que está sempre no nosso bolso”, contextualizou. Segundo ele, a primeira leitura nos convida a percebermos as coisas e observar a beleza e a grandeza nas coisas criadas por Deus”, disse, lembrando que precisamos estar atentos para ver aquilo que Deus quer nos mostrar. “Por exemplo, todos os dias olhamos as nossas refeições, os pratos do almoço, o pão do café da manhã. Mas quantas vezes olhamos para este alimento e agradecemos? Às vezes, na correria do dia a dia a gente só engole aquele macarrão, aquele pão, mas ali está a bondade de Deus. Se Deus alimenta você é porque ele quer que você esteja vivo para continuar fazendo a obra da salvação. Você já parou para pensar que ter o que comer é a manifestação da bondade de Deus?”

O pregador convidou a ver as coisas com outro olhar ao nosso redor “para percebermos o quanto Deus espalha o seu amor para nós”.

No Evangelho, acontece o milagre da cura de um cego. “Mas eu acho que outro milagre, acompanhado ao da cura, é muito evidente neste Evangelho. O cego, antes de ser curado, foi visto por Jesus. Quantos de nós, às vezes, estamos chorando, passando por uma situação difícil e não somos percebidos? Quantas pessoas passam por nós e nem as percebemos?  O grande milagre já começa quando o cego, que estava à beira do caminho, foi visto. Este é o primeiro grande milagre. Jesus ouviu e depois o curou. É esse olhar de Jesus que nós também devemos nutrir. O olhar atento às coisas, o olhar que é capaz de curar. Pode ser que você passe ao meu lado e esteja aos prantos e eu nem perceba. Porque nesse olhar egoísta, vemos o nosso próprio umbigo e não as pessoas, as circunstâncias que estão ao nosso redor”, alertou.

“E é nesta mesma dinâmica de um olhar atento àquilo que é de Deus que está o nosso glorioso Santo Antônio. O olhar dele sempre estava atento às coisas de Deus. Por isso, o tema de hoje é ‘Santo Antônio: entrega sua nobreza àquilo que é mais nobre: Deus!’”, explicou.

Frei Gabriel lembrou que Santo Antônio nasceu numa família “onde ele não precisaria se preocupar com o dia de amanhã”, pois se tratava de uma família importante. “Mas ele, ao perceber que tudo ao seu redor não era eterno, abandonou qualquer posse e qualquer coisa frágil e efêmera para servir a Deus. O seu olhar estava atento para perceber aquilo que é bom, justo e certo. E não eram as glórias do mundo. Nós podemos ter títulos aqui, milhões na conta, daqui a pouco vai todo mundo para a ‘terra dos pés juntos’, e acabou! Segundo o frade, no cemitério hão haverá rico nem pobre, rei ou súdito. “Agora, quando nós, com o nosso olhar, nos devotamos àquilo que é bom e certo, como fez Santo Antônio, nós não nos apegamos aquilo que é passageiro, frágil, mas nos ligamos àquilo que é de Deus, aquilo que é bom. Quando abandonamos os nossos egoísmos para fazer o bem, nós mostramos que não estamos ligados às coisas da terra, mas queremos construir a nossa vida com aquilo que vem de Deus”, disse.

Ele citou um pensamento de Santo Antônio que pode nos ajudar no dia a dia. “Ele diz que Jesus, para nos salvar, está correndo em direção a Deus. E nós se estivermos muito carregados não conseguiremos correr. Então, se estamos carregados de coisas, de bobagens, de egoísmos,  vamos ficar pelo caminho. Agora, se nos desprendemos daquilo que não nos leva até Deus, aí sim correremos junto com Jesus para o Reino de Deus. É por isso que essa liturgia hoje nos faz esse convite!”, enfatizou.

Neste terceiro dia da Trezena (2/6) o tema é “Santo Antônio e o desejo de se entregar a Deus pela fé!”.

Download WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Nulled WordPress Themes
lynda course free download
download lenevo firmware
Download Best WordPress Themes Free Download
free download udemy course

Conteúdo Relacionado