Santa Clara ensina comunicar Jesus Cristo

09/08/2023

No segundo dia do Tríduo de Santa Clara, no Convento Santo Antônio do Rio de Janeiro (RJ), o tema escolhido foi: “Santa Clara, ensinai-nos a comunicar a Paz e o Bem”. A presidência da Santa Missa, às 12 horas, foi de Frei Edcarlos Mario Hoffman, da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, mantendo o espírito de comunhão e integração da Família Franciscana neste Tríduo (ontem participaram os Frades Conventuais). Frei Edcarlos é pároco da Paróquia de Santa Cruz da Serra, em Duque de Caxias (RJ).

Com base no tema, foi um dia dedicado aos comunicadores e à comunicação. Frei Gustavo Medella, o Vigário Provincial, pediu a intercessão da Padroeira da TV por todos os profissionais da Comunicação, mostrando “sempre o caminho do diálogo que gera alegria e contentamento”. Sérgio Luiz, da Rádio Tupi e a voz oficial do Maracanã, proclamou as leituras.

Segundo o celebrante, um exemplo de comunicação é dado nesta quarta-feira no Evangelho. “Nós vimos ali Jesus, de alguma forma, estabelecendo uma comunicação, não apenas com os judeus, mas com uma mulher cananeia, que pediu insistentemente que curasse a sua filha. Jesus faz comunicação com todos e todas, porque de alguma forma, Jesus apresentou para nós que a mensagem de Deus, a Boa Nova de Deus, é uma mensagem universal”, disse.

“Então, temos, um Jesus comunicador, que faz comunicação com todos, uma comunicação que inclui, que acolhe e que salva”, acrescentou.

Frei Edcarlos, referindo-se a Santa Clara, também apresentou traços e gestos de uma comunicadora. “Nas Fontes Clarianas temos 5 cartas, textos atribuídos diretamente a ela. As cartas são uma forma de estabelecer comunicação. E nelas tem um tema principal, que é Jesus Cristo. E esse tema pode ser entendido, aprofundado, em quatro aspectos fundamentais: 1. Jesus é crucificado; 2. Jesus Cristo pobre: 3. Jesus Cristo é o esposo; 4. A entrega a Cristo deve ser feita numa virgindade ainda maior. Se nós queremos aprender com ela a comunicar a Paz e o Bem, com outras palavras ela vai nos ensinar a comunicar sempre Jesus Cristo. Ele que é o nosso caminho, ele que é a nossa vida. E foi toda a mística de Santa Clara”, observou, pedindo que sempre a comunicação leve a mensagem do Evangelho, da esperança, da vida,  para que a gente esteja sempre ao lado de Jesus Cristo.

Quase oito séculos após a sua morte, Santa Clara foi proclamada pelo Papa Pio XII, em 1958, como a Padroeira da Televisão. A pergunta é por que esse título a uma santa da Idade Média? Segundo a Bula Pontifícia, no Natal de 1253, um ano antes de sua morte, Clara estava acamada, desejava muito participar da Santa Missa na igreja de São Francisco, mas não tinha condições físicas para sair. Em oração, ela pediu ao Senhor que permitisse celebrar o Natal. O testemunho da própria santa é que, de seu quarto, ela ouviu a missa completa e ainda pôde até comungar.

Depois da Comunhão, no momento devocional, foi dada a bênção dos profissionais e instrumentos de comunicação:

 

“O Senhor Deus, cuja sabedoria e a bondade são infinitas, ilumine incessantemente vossas mentes e vossos corações para que comuniqueis com maior clareza e facilidade as maravilhas do Reino dos Céus. Que todos os instrumentos da tecnologia sejam usados por vós na difusão da verdade e do bem. Que Santa Clara, padroeira da TV vos inspire para a Comunicação da Paz e do Bem. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém”.

Frei Gustavo agradeceu a presença de Frei Edcarlos e pediu para levar seu abraço e dos frades do Convento à Família dos Frades Capuchinhos.

Nesta quinta-feira, 10 de agosto, o tema do último dia do Tríduo é “Santa Clara, iluminai os caminhos da Família Franciscana”.

Download Premium WordPress Themes Free
Premium WordPress Themes Download
Free Download WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
lynda course free download
download samsung firmware
Premium WordPress Themes Download
ZG93bmxvYWQgbHluZGEgY291cnNlIGZyZWU=