A exemplo de Santo Antônio, ter “fome de Deus”

03/06/2023

A 341ª edição da Trezena do Convento Santo Antônio do Largo da Carioca, no Rio de Janeiro, chegou ao terceiro dia com as celebrações e a peregrinação da imagem do Santo mais popular do Brasil no Centro da Cidade, que neste dia foi aos estúdios da Rádio Tupi, em prédio quase vizinho ao Convento.

“Santo Antônio e o desejo de se entregar a Deus pela fé!” foi o tema deste terceiro dia, abordado pelo pregador Frei Gabriel Dellandrea, nas Missas da Trezena, às 12h e 18h.

Na sua reflexão a partir do Evangelho do dia, Jesus teve fome e não encontrou frutos na figueira. “Não sei vocês, mas quando eu abro a geladeira e não encontro nada de interessante pra comer quando quero fazer uma boquinha, dá logo um desânimo. Parece que a gente quer que tenha algo lá, mas está igual ao polo norte: fria e deserta. E é por essa sensação que Jesus passou ao se dirigir, com fome, à figueira: esperando que ela estivesse repleta de figos, não tinha nada, não pôde se saciar”, disse.

“É claro que o Evangelho não está falando de figo, mas de uma religião que não alimenta. E é nesse contexto que Jesus expulsou os vendilhões do templo. Ele fez isso porque, assim como quem se aproxima de uma figueira e quer frutos, uma pessoa de fé, ao se aproximar de um Templo, quer rezar, se encontrar com Deus”, destacou.

“Mas no Templo daquele tempo, era impossível. Se adorava um outro deus: o dinheiro. Os vendedores e os sacerdotes queriam apenas lucrar fortunas, impondo sobre as pessoas, leis para que comprassem animais para o sacrifício, fazendo render um comércio que não tinha nada de divino: era egoísta! É óbvio que um templo precisa se manter financeiramente, mas nunca por meio da enganação. A casa do Pai é lugar de oração, onde a alma se alimenta!”, explicou Frei Gabriel.

Segundo o pregador, esta fome de Deus é visível em Santo Antônio, de acordo com o tema de hoje mostrando o desejo dele de se entregar pela fé. “Ele não quer viver um seguimento de Jesus vazio, que não alimenta, egoísta, voltado para si. Ele estava faminto de se doar por inteiro a Deus, por isso, ao ver o corpo de cinco mártires franciscanos, resolve também ele se tornar franciscano e ansiou querer viver o martírio”, acrescento.

E lembrou: “Sobre essa última questão, frustrou-se! Não foi assassinado pela fé, mas morreu de tanto se dedicar à pregação, às confissões, à pobreza. Se esgotou e se tornou, entre nós uma árvore grande e que nos delicia ainda com seus frutos, que são suas palavras, sua intercessão em milagres, sua devoção. É por isso que a Santo Antônio cabe, com uma pequena adaptação, uma frase da primeira leitura de hoje: ‘vamos fazer o elogio dos homens famosos. Alguns não deixaram lembrança alguma, como se nem tivessem existido. Mas este, era um homem de misericórdia: seus gestos de bondade não serão esquecidos’”, situou.

E concluiu: “Por isso, somos convidados com Santo Antônio a nos tornarmos templos de Deus. As pessoas, ao conviverem conosco, precisam encontrar frutos que alimentam sua fome de Deus. Nossas ações, nossas palavras, nossos pensamentos, cada vez mais, precisam alimentar o nosso mundo que está faminto de Deus!”

IMAGEM PEREGRINA VISITA A RÁDIO TUPI

No terceiro dia da Trezena, sexta-feira, 02 de junho, o primeiro compromisso da Imagem Peregrina de Santo Antônio foi às 7h30, nos estúdios da Rádio Tupi, em prédio quase vizinho ao Convento. O guardião, Frei Walter Ferreira, e Frei Gustavo Medella acompanharam a imagem, que foi colocada, junto com a relíquia, sobre a grande bancada ocupada pelos comunicadores da emissora. O Programa que estava no ar era o “Show do Antônio Carlos”, líder de audiência no rádio carioca. Durante a entrevista, Frei Gustavo recordou sobre a tradição da Trezena, a distribuição dos pãezinhos e também falou sobre a figura do guardião atual, Frei Walter. “Ele é o guardião, o superior do Convento Santo Antônio. Frei Walter pessoalmente está fazendo os pãezinhos distribuídos nesta Trezena”, explicou o frade. A produtora do programa, Karla de Luca, aproveitou para recordar a audiência que, neste sábado, dia 04 de junho, das 10h às 14h, haverá Campanha de Adoção dentro da Trezena de Santo Antônio, das 10h às 14h. No encerramento, o pedido da bênção para todos os comunicadores e ouvintes da Rádio, assim como seus familiares. Como lembrança da visita e da Festa, foram distribuídos os pãezinhos entre os Comunicadores da Rádio.

Depois de retornar ao convento, a imagem seguiu para o segundo compromisso, desta vez na sede da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio), em sua sede histórica, no Bairro do Flamengo. Num auditório especialmente preparado, a imagem foi acolhida às 10h30, conduzido por funcionários da instituição. O momento despertou a emoção de quem estava presente e foram muitos os que se aproximaram da imagem e da relíquia para um momento de prece e também para tirar uma foto como recordação. O Presidente da Fecomércio, Antônio Florêncio de Queiroz Junior, foi representado pela mãe, Neusa Casares de Queiroz que, aos 95 anos, fez questão de vir prestar sua homenagem ao santo de quem é muito devota.

Estiveram representando o Convento, Frei Gustavo Medella e Frei Cláudio Broca. No comentário introdutório ao momento celebrativo, a explicação do que está motivando esta visita da imagem peregrina: “A visita que hoje celebramos é para reacender na lembrança e no coração de todos a certeza de que, do Largo da Carioca, Santo Antônio intercede a Deus pelas pessoas, famílias, empresas, organizações, órgãos públicos e comunidades dos quatro cantos desta ‘Cidade Maravilhosa’”. A pedra fundamental do Convento foi posta no dia 04 de junho de 1608. Pedindo a bênção de Deus sobre os presentes e suas famílias, Frei Claudio recordou a proximidade e o carinho que Santo Antônio nutria pelas pessoas. Logo após, aspergiu a todos com a água abençoada e, conforme o costume, foi distribuído o pãozinho.

A 341ª Trezena segue neste sábado, dia 03 de junho, com missa às 10h. O tema será “Santo Antônio, um jovem que se decide por Deus”.  Haverá também Campanha de Adoção de animais promovida pela ONG Bichinho Feliz, das 10h às 14h.

Gastronomia Antoniana estreia neste sábado

E o Espaço Frei Fabiano de Cristo, no subsolo do Convento e especialmente reaberto ao público nesta Trezena, funcionando como um lugar de encontro e refeição carinhosamente batizado de “Gastronomia Antoniana”. Começa a funcionar neste sábado, dia 03 de junho, a partir das 11h30. Em cada dia de funcionamento será oferecido uma receita de massa diferente. Para estrear, Macarrão à Bolonhesa, pelo preço de R$20,00 (vinte reais) o prato.

Confira o cardápio:

03/06 – Sábado

Macarrão à Bolonhesa

04/06 – Domingo

Nhoque ao sugo ou gratinado

 08/06 – Quinta-Feira (Corpus Christi)

Pene ao Molho Sciciliano

 10/06 – Sábado

Macarrão à Primavera

 11/06 – Domingo 

Nhoque ao sugo ou gratinado


PROGRAMA DA TREZENA

3 DE JUNHO (SÁBADO) – 4º DIA
“Santo Antônio: um jovem que se decide por Deus!”
Missa da Trezena: 10h
Campanha de Adoção de Animais

4 DE JUNHO (DOMINGO) – 5º DIA
“Santo Antônio: um servo da Trindade!”
Missa da Trezena: 10h

Download Best WordPress Themes Free Download
Download WordPress Themes
Premium WordPress Themes Download
Download WordPress Themes
free download udemy course
download coolpad firmware
Free Download WordPress Themes
free online course

Conteúdo Relacionado