Viradouro visita Convento para contar a história de Rosa Maria Egipcíaca

02/12/2022

Uma comitiva da Escola de Samba de Niterói Acadêmicos do Viradouro, do Grupo Especial do Carnaval Carioca, visitou o Convento nesta semana. Eles vieram acompanhando o carnavalesco da agremiação, Tarcísio Zanon. O motivo da visita é o enredo que a Escola vai apresentar na Avenida no próximo ano, quando contará a história de vida e obra de Rosa Maria Egipcíaca, mulher escravizada e mística que viveu no Convento Santo Antônio episódios importantes de sua trajetória. Abaixo, um breve relato de Frei Roger Brunorio sobre a personagem histórica que será homenageada:

Detalhe da pintura de Rosa Egipcíaca feita pelo artista Galindo – Acervo Luiz Mott

“Rosa Maria Egipcíaca da Vera Cruz foi uma escravizada que viveu no Brasil no século XVIII. Sua conversão, sua vida penitente e mística religiosa a levaram a ser chamada de santa por alguns admiradores. Ela era frequentadora do Convento Santo Antônio e coube ao franciscano Frei Agostinho de São José ser o seu orientador espiritual. Com ele, Rosa fundou o Recolhimento do Parto, uma casa de vida religiosa feminina. Na igreja do Convento, diante do altar de Nossa Senhora da Conceição teve a visão mística dos Três Corações: de Jesus, Maria e José. Nesses corações estão expressos a amorosidade e a misericórdia divina, elementos da espiritualidade franciscana. Seus exageros espirituais a levaram a entrar em conflito com as autoridades da Igreja e por isso não teve seus méritos reconhecidos. Rosa Maria acabou caindo no esquecimento, mas a história e a cultura mais recentemente resgatam a relevância dessa mulher para a história, a religiosidade e a cultura popular e dos escravizados”.

Download Nulled WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
lynda course free download
download lenevo firmware
Download WordPress Themes
udemy paid course free download