Vida Cristã - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

A sonhada peregrinação pelos lugares santos

15/05/2015

Tudo começou há cerca de dois anos, onde o desejo de um grupo de Ituporanga, SC, era de fazer uma peregrinação pelos Lugares Santos. Tal grupo foi motivado pelo Frei João, seu pároco. O programa foi encaminhado e o grupo, somado a algumas pessoas do resto do Brasil, estava prestes a fazer a viagem dos sonhos em julho de 2014. Porém, à causa dos conflitos na Faixa de Gaza, a agência resolveu por bem cancelar a viagem uma semana antes, devido aos bombardeios que estava chegando perto do aeroporto de Tel Aviv. Contudo, um bom grupo apostou na ideia de ir em outra data. Mais outros, de Fortaleza (Norberta) e do Rio de Janeiro (Frei Ivo), queriam se juntar ao grupo de Ituporanga e, assim, nos dias 20 a 30 do corrente ano, aconteceu a viagem dos sonhos, com 33 peregrinos, apesar da crescente alta do dólar.

A peregrinação começou pela Galileia, visitando os santuários de Caná, Nazaré, Monte Tabor, Bem Aventuranças, Cafarnaum, dentre outros. No Monte Tabor, fizemos uma experiência bonita, partilhando os testemunhos de transfigurações em nossas vidas. Depois, passamos pelo Monte Carmelo (Santo Elias e Nossa Senhora do Carmo). Em Jerusalém e entorno, tivemos a experiência de rezar no Monte das Oliveiras (Ascensão, Betânia, Pai Nosso, Getsêmani) e no Monte Sião (Cenáculo, Dormição de Maria e lugar onde o Galo cantou). Estivemos uma tarde no lugar onde Maria visitou sua prima Isabel e a casa onde nasceu João Batista. Não faltou um passeio pelo deserto da Judeia, passando por Jericó, com foto de camelo e banho no Mar Morto. Em Belém, visitamos o Campo dos Pastores e a Gruta onde Jesus nasceu, bem como a Gruta do Leite. Na cidade velha de Jerusalém, celebramos na frente do Santo Sepulcro, colocamos bilhetinhos no Muro das Lamentações e caminhamos na Explanada do Templo, passando ao lado da Mesquita de Omar. Numa tarde, rezamos a Via Sacra no caminho percorrido por Jesus e à noite, um jantar típico num restaurante beduíno de Belém.
Dos depoimentos dos peregrinos, destacamos as seguintes afirmações:

“Gostaria de registrar meu agradecimento a Deus e ao guia, que nos levou não só ao conhecimento dos lugares sagrados, mas nos repassou uma experiência de vida voltada para os verdadeiros caminhos de Jesus Cristo, nos incentivando a um repensar de nossas ações”(Maria do Socorro Alves);

“Fiquei muito satisfeita com a viagem e a duração da Peregrinação, que foi muito profunda, trazendo uma vivência dos lugares santos, admirável e renovadora. Frei Ivo, com seu conhecimento abrilhantou e nos fez passar por uma experiência de fé, superação e observação do nosso grupo, com vistas a uma atuação mais concreta da nossa prática religiosa”(Miriam Vivaqua Dias);

“Vim cheia de expectativas e as atividades feitas superaram minhas expectativas. A competência, a segurança que Frei Ivo nos passa, o seu conhecimento acumulado através de sua vida, por tantas outras peregrinações feitas, com a presença de Frei João, Frei Carlos e Padre Luis, deram à nossa peregrinação um toque especial. Estou feliz, pelos caminhos feitos, tanto na parte física, quanto na parte espiritual”(Maria Norberta Viana);

“Gostei muito da viagem. O guia tem um conhecimento extraordinário sobre a Terra Santa. A minha viagem dos sonhos foi melhor do que havia sonhado”(Luiz Petermann);

“Ler e meditar o evangelho nos lugares em que os fatos ocorreram, naquele país tão distante e cheio de marcas da história, foi muito emocionante. Conhecer um país marcado pela diversidade cultural e religiosa enriqueceu a nossa visão do mundo. Foi bom ver um povo tão nacionalista e empenhado no desenvolvimento econômico, apesar dos conflitos permanentes, das adversidades climáticas e dos parcos recursos naturais. Isso nos dá uma esperança de que é possível também melhorar e viver bem no Brasil, que tem um potencial econômico muito maior. Foi bom também perceber que os lugares sagrados do cristianismo, sob os cuidados da Custódia da Terra Santa estão sendo bem zelados, apesar da disputa com outras igrejas cristãs!” (Valnê e Valdeci B. Siebra);

“Depois de muitos anos de espera conseguimos fazer nossa peregrinação à Terra Santa com a orientação de um Franciscano. Foi muito além do que aguardávamos. O conhecimento do guia e a capacidade de comando do grupo foram maravilhosos. Apesar das minhas limitações, ele sempre me incentivava e em nenhum momento tive que deixar de participar das atividades por causa de dor ou cansaço. Considero isso uma grande superação e uma graça de Deus. Foram muitos momentos de enriquecimento espiritual, cultural e histórico”(Mário e Salete Mattos).

Tais depoimentos atestam que a impressão foi muito boa, onde disputamos o espaço com milhares de peregrinos do mundo todo. Por lá, parece mais seguro que no Brasil. Em resumo, foi o melhor presente que uma peregrina ou peregrino pode dar si mesmo ou à pessoa que muito ama. E no mês de julho, vamos de novo, com 50 pessoas inscritas. Para 2016, dois pacotes, que acontecerão no mês de maio e novembro. A peregrinação de maio contará com a presença de um grupo de surdos-mudos, com 14 dias entre Itália e a Terra Santa. Em novembro, 10 dias em Israel e Palestina.


Frei Ivo Müller, OFM
(Comissário da Terra Santa)

Download Best WordPress Themes Free Download
Download Premium WordPress Themes Free
Download WordPress Themes Free
Download Nulled WordPress Themes
udemy paid course free download
download coolpad firmware
Download WordPress Themes
online free course