Vida Cristã - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

Frei Massimo Fusarelli visita a Terra Santa

26/10/2021

                                                                                 Imagem: Reprodução Christian Media Center

A visita à Terra Santa do novo Ministro Geral da Ordem dos Frades Menores, Frei Massimo Fusarelli, e do Vigário geral da Ordem, Frei Isauro Covili, teve início na quarta-feira, 20 de outubro.

Em Jerusalém, o Ministro foi recebido no portão de Jaffa pelas autoridades religiosas e civis, junto com Frei Dobromir Jasztal, Vigário da Custódia e membro do Discretorium e os Frades da Custódia da Terra Santa.

Passando pelo típico mercado árabe da cidade antiga, os frades dirigiram-se à Basílica do Santo Sepulcro, onde os representantes das três comunidades responsáveis pela Basílica, Frades Franciscanos, Gregos Ortodoxos e Armênios, receberam Frei Massimo Fusarelli

Diante da Pedra da Unção, Frei Francesco Patton, Custódio da Terra Santa, deu as boas-vindas: “Reverendíssimo e querido Frei Massimo Fusarelli, nosso Ministro Geral, bem-vindo à Terra Santa, bem-vindo à Cidade Santa de Jerusalém, bem-vindo ao lugar santíssimo do Cristianismo, a Basílica do Santo Sepulcro”. Estas foram as primeiras palavras que dirigiu ao novo Ministro Geral da Ordem dos Frades Menores.

“Este lugar foi muito provavelmente visitado e venerado pelo Seráfico Pai durante sua peregrinação de paz à Terra Santa, após seu encontro com o Sultão Al Malik Al Kamil. Este lugar – sublinhou Frei Francesco Patton – foi confiado à Custódia de nossa Ordem pelo Papa Clemente VI. Esta é a missão que a Sé Apostólica nos confiou: habitar, rezar e celebrar neste lugar, estar aqui como fraternidade multiétnica, expressão de toda a Ordem”. O Custódio recordou a seguir como a Basílica do Santo Sepulcro é, na verdade, um lugar de convivência ecumênica cotidiana, onde “junto com os irmãos gregos e armênios também procuramos cooperar para torná-la mais bela, acessível, conhecida e amada. Este é o único lugar do mundo onde, embora ainda não celebremos juntos a Eucaristia, já celebramos no mesmo altar que é o túmulo do Senhor ”.

Frei Massimo Fusarelli e Frei Isauro Covili entraram no Túmulo para venerar a pedra onde foi colocado o Corpo do Senhor.
O Ministro Geral encerrou o seu discurso com uma oração: “Senhor, sabemos que não estás aqui, que nos precede na Galileia e nos abres aquele caminho que muitas vezes fechamos por inércia ou medo. Sopre as velas do barco da tua Igreja também nesta Terra Santa e alimente o caminho da nossa fraternidade, porque sabemos reconhecer-te Ressuscitado. Tu que caminhaste antes de nós e nos abre ao anúncio e à boa nova do Reino de Deus. Amém”.

Em seguida, todos participaram da solene procissão diária que repercorre os lugares da paixão-morte-ressurreição de Cristo.

É uma forma de recordar aos peregrinos a necessidade de meditar constantemente sobre a humanidade de Jesus, que nestes lugares sofreu a sua Paixão e se manifestou na sua ressurreição.

Na manhã de 21 de outubro, o Ministro Geral presidiu a Santa Missa juntamente com Frei Francesco Patton, Custódio da Terra Santa, Frei Dobromir Jasztal, Vigário da Custódia, Frei Isauro Covili, Vigário geral da Ordem, FreiSalvador Rosas Flores, presidente do Convento do Santo Sepulcro, ao Discretorium e à comunidade franciscana.

“Esta é precisamente a primeira visita oficial que faço a uma província e não a qualquer província, mas sim à Custódia da Terra Santa, a“ pérola ”das nossas missões. Queria estar aqui o quanto antes possível para levar sobretudo ao Calvário, à Ressurreição e aos outros lugares, Belém e Nazaré, a oração por toda a Ordem e pelo início do meu serviço. E então, para encorajar os Frades da Custódia que se preparam para o Capítulo a verificar sua vida e missão e a olhar para o futuro ”, disse o Ministro Geral.

Frei Massimo Fusarelli, já esteve na Terra Santa pelo menos 16 vezes, mas esta visita a define como “especial”.
“Desta vez é muito especial, porque sinto que venho aqui trazendo o coração de Francisco e trazendo aquela chama de 800 anos atrás, aquele fogo que se acendeu em Francisco durante a sua conversão, durante a sua vida e que então permaneceu sempre aceso. E nós, hoje, quando nos sentimos um pouco cansados, abatidos, buscamos esta chama, e estou certo e sinto que o fogo, a chama do carisma de Francisco continuamente se reascende”, explicou Frei Massimo.

Eleito em Roma no dia 13 de julho, Frei Massimo visitará os Lugares Santos e as diferentes realidades em que estão envolvidos os franciscanos na Terra Santa.


Fonte: Christian Media Center

Download WordPress Themes Free
Download Nulled WordPress Themes
Download WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
lynda course free download
download intex firmware
Download Premium WordPress Themes Free
udemy paid course free download