Vida Cristã - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

O segredo

20/09/2002

Frei Hipólito Martendal

Este é um típico segredo que desejo ver divulgado a toda gente. Não é algo secreto, mas é a chave para a solução do problema de nossa existência, do sentido de nossa vida. Acontece que há tanta gente prometendo milagres, ou ao menos curas de nossos males através de práticas religiosas – algumas cheirando a superstição – que podem desviar nossa atenção destas revelações tão claras e extraordinárias de Jesus Cristo.

Pessoalmente ouvi de um pregador nosso falar de malefícios que seriam a nós transmitidos por herança genética por até 12 gerações anteriores! Gente, isso é muito sério pelos estragos que pode causar na mente de pessoas menos dotadas de conhecimento religioso e científico. Sim, falo em científico, pois o referido pregador recorre à linguagem da ciência ao falar em transmissão genética. Ora, os cientistas sabem muito bem que genes são matéria e só podem transmitir características materiais e não culpas, malefícios e más tendências. Isso é uma asneira teológica e científica e não é fruto de inspiração do Espírito, pois se fosse verdade, o que Jesus nos revela sobre o Pai (veja Lc, 15) seria mentira. Por amor de Deus, lembre-se que Ele é Pai e jamais permitiria que mecanismos tão diabólicos atuassem sobre nós, seus filhos, e sem qualquer conhecimento. Só a título de curiosidade, se você somar todos os seus antepassados em linha reta até doze gerações, chega a 8.190 que poderiam prejudicar você!

Outros grupos católicos – não só os evangélicos pentecostais – falam demais no diabo. Chegam a afirmar que outras religiões e filosofias de vida são coisas do demônio. Como, então, podemos entender que o Concílio Vaticano II e os papas mandam os católicos praticarem o ecumenismo e respeitar a liberdade religiosa?

Creio que perdemos muito tempo a incentivar devoções e práticas religiosas não centrais, essenciais, mas periféricas que prometem resultados práticos e materiais a atender necessidades e desejos imediatos. De minha parte, tenho incentivado meus ouvientes a lerem e meditar cada dia algum trecho do Novo Testamento. Agora, para Pentecostes venho recomendando os capítulos 13 a 17 de João. Aí encontram-se os fundamentos de todo o mistério de nossa salvação e nosso relacionamento com o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Aí também encontram-se promessas e exigências básicas de Jesus. O Amor entre Irmãos deve ser da forma como Ele amou, não apenas “como a si mesmo”. Por isso é o Novo Mandamento. Guardar a Palavra Dele é outra exigência de Jesus. Isso significa fazer das revelações de Jesus o fundamento de nossa vida, de nosso modo de ser, viver e relacionar-nos com os outros.

Jesus promete o Espírito Santo como garantia de que teremos a verdade, o caminho e a vida. Garante-nos que nenhum de nós pode ser arrancado de suas mãos, que teremos alegria completa, a paz, que a Trindade Divina fará morada em nós e que estará conosco até o fim de tudo! Aqui é fundamental a gente compreender cada palavra como o próprio Jesus entendia. “Eu vos dou a paz, eu vos dou a minha paz. Não vô-la dou como o mundo a dá” (Jo 14,27).

A paz do mundo é a imposição da vontade do mais forte, do vencedor, do tirano. Os romanos se vangloriavam de sua pax romana. Por uns 300 anos ninguém ameaçava a navegação no Mar Mediterrâneo. Mas para isso, Roma roubou a independência de todos os povos em torno daquele mar e Júlio César caçou e crucificou todos os piratas que por lá atuavam. Paz para Jesus significa a plenitude de vida. Alguém pode logo pensar que isso só acontece na vida eterna junto de Deus, está certo. Mas a fraternidade cristã precisa viver aqui e agora “antecipando já as coisas do céu”. Assim, o amor entre irmãos da fraternidade – e para Jesus amor é sempre igual a serviço – deve garantir já aqui a mais alta qualidade de vida para todos. Tudo o que atrapalha a qualidade de vida – ódios, divisões, injustiças, violência, maledicências, privilégios etc – precisa ser eliminado.

Aqui está a chave do problema proposto no início. Você já pensou na qualidade de saúde corporal, mental e espiritual dos membros de tais fraternidades? Já imaginou no poder de gerar bem-estar que a fé nestas revelações de Jesus pode nos trazer? Uma pessoa assim certamente só pode ter uma saúde geral melhor. Este é o milagre da cura que precisamos procurar.

Que tal, agora, meditar palavra por palavra os capítulos 13 a 17 da Boa Nova de São João? Que o Espírito Santo ilumine você!

Download WordPress Themes
Premium WordPress Themes Download
Download Premium WordPress Themes Free
Download Premium WordPress Themes Free
udemy paid course free download
download xiomi firmware
Download WordPress Themes Free
download udemy paid course for free

Conteúdo Relacionado