Vida Cristã - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

Carinho por nossa irmã água

27/09/2008

Frei Hipólito Martendal

1. Introdução

A Campanha da Fraternidade de 2004 tem a água como tema, com o título “Água fonte da vida” e o subtítulo “Fraternidade e Água”. Isso pode parecer estranho, pois temos tantos problemas aparentemente tão mais graves que afligem o ser humano e nos causam tantos sofrimentos e angústia. A toda hora, a mídia ostenta pesquisas sobre problemas que mais afligem a população. Sempre tem sobressaído a angústia causada pelo desemprego, pelo salário insuficiente e criminoso, pela falta de segurança, pela falta de meios para cuidar da saúde e da educação, pelos problemas de transporte etc. Nunca vi a água aparecer como elemento importante nas queixas do povo, a não ser em períodos de crise. Já ouvi muita notícia de fome, subnutrição e até de mortes por causa disso. Não me lembro de alguém noticiar a morte por sede no Brasil, a não ser a morte de animais no sertão nordestino, o que já é de cortar o coração.

O que gostaria de dizer é que a água não parece estar entre nossas urgências. Contudo, não podemos esquecer a cena emblemática de nosso irmão pobre de Guaribas, onde o presidente Lula foi dar o chute inicial para o programa Fome Zero, fazendo lembrar a todos que o problema fundamental deles não era a comida, mas a água. Com água, eles produziriam alimento para todos!

2. O problema é muito maior do que muitos imaginam.

Tendemos sempre a pensar que é menos importante aquilo que é menos evidente. Só nos meados do século 19 descobriu-se a relação entre lavar bem as mãos de médicos e enfermeiras entre um atendimento e outro a doentes e parturientes de um lado e infecções e mortes de outro. Microorganismos não eram conhecidos. Mas a simples exigência de médicos e enfermeiras lavarem as mãos com água e sabão entre um atendimento e outro levou o índice de mortes de parturientes a cair cerca de 70%!
Algo semelhante acontece com a água. Ela é muitas vezes invisível, ou visível mas pouco notada. Dificilmente você irá comer um tomate quando está com sede. Mas o tomate poderá ser um bom recurso na ausência do precioso líquido, pois ele tem cerca de 95% de água. Você tem consciência de quanta água está no ar que você respira? Não a vemos, mas ela é essencial para a qualidade do ar. Ninguém viveria muito tempo respirando um ar com 0% de vapor de água!

3. Água é criatura versátil.

Nenhum elemento da natureza se adapta tão bem e tão facilmente às situações mais diversas do meio em que se encontra. Pode ser sólida pedra de gelo, líquido refrescante ou escaldante, ou fugir a nossos olhos como vapor. Ela cobre cerca de 70% da superfície em sua forma líquida. São os oceanos, mares, lagos e rios, sem contar as áreas cobertas por ela como gelo. Está mais ou menos presente em toda a atmosfera. Em nosso planeta, ela é praticamente onipresente. Se disséssemos que nosso planeta-Terra é um planeta-Água, não estaríamos muito errados.

4. Água é vida.

De todos os corpos celestes que o homem conhece, até agora, só nossa Terra está cheia de vida. A primeira coisa que os cientistas procuram em outros planetas e luas é a água. A lua de Júpiter, chamada Europa, parece estar coberta por um imenso oceano, mas gelado. Nosso planeta vizinho Marte tem resto de água gelada confirmada. Teria tido mais água no passado? Onde existiu ou existe água, pode ter existido ou pode existir vida.

Água é o mapa da mina da vida. De todas as moléculas que entram na composição de qualquer célula viva, a água é a única insubstituível. Olhe que não sou químico. Estou arriscando. Todo ser vivo precisa de água. É lei da natureza. Então você quer cuidar de qualquer ser vivo? Cuide da água.

Já preguei muitas vezes que nós, os humanos, fomos colocados na existência por nosso Criador com a missão de cuidar, proteger, cultivar e pastorear toda forma de vida. Então, cuidemos da água, do contrário, toda a vida pode perecer.

5. Água é vida eterna.

Não me refiro à vida biológica sobre a Terra. A vida biológica tem seus dias contados. Há cerca de 3 bilhões de anos surgiram as primeiras e rudimentares formas de vida em nossa Terra. Os estudiosos calculam que dentro de uns 4 bilhões de anos nossa Terra será engolida pelas chamas de nosso irmão Sol em expansão, antes de ele próprio entrar em colapso. Mas já, antes disso, toda a água terá se evaporado e todo ser vivo terá se extinguido.

Mas nosso Mestre e Senhor Jesus fala em vida eterna para o ser humano. Recorre então à água como símbolo desta vida. Fala em água viva e diz: “Mas aquele que bebe da água que eu darei nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe darei se tornará nele uma fonte que jorra para a vida eterna” (Jô 4,14). Jesus gosta de empregar símbolos colhidos na natureza. Afinal, Ele é o Verbo feito homem. Como nós, Ele torna-se um grãozinho do imenso universo criado pelo Pai. Ele ama toda a criatura, toda a natureza como obra de seu Pai Eterno. Não aceita nenhuma cerca divisória entre o Criador e suas criaturas. Jesus é comunhão, é ponto de convergência e união de todas as coisas com Deus e nunca de divisão. Todo aquele que coloca barreiras entre criatura e seu Criador é um anti-Cristo!

6. Nossa Irmã a Água.

Francisco de Assis, como ninguém, captou esta problemática e, como nenhum outro, tomou a posição mais correta, mais de acordo com o mente de Jesus. Ele entendeu que todas as criaturas de Deus têm uma origem em comum conosco. Temos todos a mesma origem: Deus! Compreendeu o Criador ama todas as suas criaturas. Logo, nós e todas as criaturas somos irmãos. E foi como irmãos que Francisco passou a amar todos os seres criados. Em tudo via traços e sinais de Deus. Eram coisas de Deus, eram quadros e esculturas do Artista Divino. Não estão à venda, não podem ser possuídos. Estão conosco na existência para serem admirados, contemplados e amados. Criaturas podem atender a necessidade de todos os seres humanos e pelos humanos devem ser servidos. É o lava-pés mútuo. Francisco pregava esse amor-contemplação-serviço a toda criação e rejeitava toda posse. Posse é anti-amor, posse é morte!

7. Conclusão.

Teria muito ainda a dizer. Há gente querendo apossar-se da água e vendê-la caro para quem não dispõe dela para a vida. Daqui podem nascer alguns dos maiores problemas e conflitos armados do século 21.

Prometo voltar ao assunto Água, se este espaço estiver aberto para mim. Afinal a Campanha da Fraternidade visa criar novas atitudes e novos hábitos para todos os anos de nossa vida e não só para o tempo da Quaresma.

Download Best WordPress Themes Free Download
Free Download WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Nulled WordPress Themes
lynda course free download
download lava firmware
Download Premium WordPress Themes Free
udemy course download free

Conteúdo Relacionado