13/10/2011

FREI ARNULFO HOFFROGGE, OFM

Faleceu, em Agudos – SP, por volta das 18h00, na companhia dos confrades e das irmãs que rezavam com ele. Nos últimos dias seu estado geral piorou muito, quase não se alimentando mais. A causa mortis foi insuficiência respiratória, e provavelmente insuficiência cardíaca. Natural de Oberhausen, Alemanha, frei Arnulfo nasceu no dia 13 de dezembro de 1913. Ingressou na Ordem Franciscana em Garnstock, em junho de 1930. Chegou ao Brasil em 15 de maio de 1934, residindo aqui por 66 anos.

O Frade Menor

Trabalhou e viveu 32 anos na Penha: seu amor e sua paixão. Muito estimado pelo povo e pelos funcionários. Homem discreto, de poucas palavras, mas afável, cordial e sensível. Tinha especial gosto por música clássica: era o seu lazer. Sua figura ficou associada ao Convento da Penha, de modo que até hoje é lembrado com carinho pelo povo. Seus últimos anos (SP e Agudos) foram de crescente sofrimento físico devido à perda periódica da consciência. No entanto, enfrentou com paciência e mansidão estes anos.Certamente, a Virgem da Penha, que ele tanto amou e serviu, o está recebendo junto com seu Filho Jesus. E neste ano jubilar ele irá viver o pleno “natal” junto de seu Senhor. Descanse em paz!

VIDA FRANCISCANA
1934 – 1935: Seminário de Rio Negro / PR.
18/12/1935: Vestição/noviciado (65 anos de V. Franciscana)
19/12/1936: 1 ª profissãO
19/12/1939: Profissão Solene
30/11/1941: Ordenação Sacerdotal – (59 anos de sacerdócio)

ATIVIDADES NA EVANGELIZAÇÃO
1945 – 1947: Esteves Júnior – guardião e pároco
1948 – 1955: Canoinhas – SC. – guardião e pároco
1956 – jul – 1959: Campos do Jordão – vigário paroquial
Ago – 1959 – 1961: Rodeio – vigário paroquial
1962 – 1979: Vila Velha – Penha – guardião
1980 – 1982: Paty do Alferes – vigário paroquial
1983 – 1996: Vila Velha – Penha – atendente, ecônomo
1997 – 1998: SP/S. Francisco – tratamento
1999 – 2000: Agudos – tratamento