Vida CristãMeditação diária › 10/10/2018

Busca da verdade

Frase para refletir:

O diabo e um amigo dele estavam descendo a rua quando viram à sua frente um homem se agachar e pegar algo do chão, dar uma olhada e colocar no bolso. O amigo perguntou ao diabo: “Que foi que o homem pegou?” “Ele pegou um pedaço da verdade”, respondeu o diabo. “Isso é um negócio muito ruim pra você, então”, disse o amigo dele. “Oh, de modo algum”, retrucou o diabo: “Vou deixar que ele a organize”. “A Verdade é uma terra sem caminhos…” (Jiddu Krisnamurti, filósofo, escritor, orador e educador indiano, 1895-1986).

medita_101018A verdade se revela para quem pacientemente ouve a sua voz. A palavra “diabo” tem sua origem na língua grega com a junção de duas outras, “dia” (afasta) e “balom” (lançar), assim tudo que desagrega que lança para fora, é diabólico. Tudo que agrega (“sim”) e que une é simbólico (sim+balom). Isso mostra que o “diabo” é perspicaz, insinua para afastar da verdade e deixa o homem agir. No meio de tantas coisas parecidas, onde estará a verdade? A busca da verdade é semelhante ao homem que procura um seixo que transforma metal em ouro. Como os seixos são iguais, ele tocava a fivela de seu cinto para identificar o seixo mágico. Já cansado, senta-se para descansar e percebe que sua fivela brilha como ouro. Foi um seixo ou foi o empenho da busca?

Bom dia e Bom trabalho!

Reflexão feita por José Irineu Nenevê


Blog: https://bomdiaebomtrabalho.wordpress.com/
Leia o Livro: “Bom dia e bom trabalho, sabedoria para todos os dias”, Editora Vozes.