Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 19/10/2018

Nada permanece oculto

28ª Semana do Tempo Comum

Memória de São Paulo da Cruz

sabor_191018Lc 12, 1-7


“Não há nada de escondido que não venha a ser revelado, e não há nada de oculto que não venha a ser conhecido” (Lc 12,2)


Hoje a igreja faz memória a São Paulo da Cruz, fundador da congregação dos Passionistas. Homem este que anunciava e anuncia também hoje, através dos seus irmãos, reflexões e meditações centradas na paixão de Cristo, mesclando uma vida de contemplação do sofrimento de Cristo à obra da evangelização.

No evangelho de hoje, Jesus nos exorta os cuidados que devemos ter com a hipocrisia. É preciso evitá-la em nossas relações para que sejam verdadeiramente autênticas. Somos chamados a abandonar as trevas de modo definitivo; a nos unirmos a Cristo, porque nada do que realizamos permanece oculto.

Seja um bem ou um mal; “tenham medo daquele que, depois de ter matado, tem poder de jogá-los no inferno” (Cf. Lc 12,5). Daí, a consciência que devemos ter antes de fazer qualquer ato de uma forma silenciosa é um convite a conversão e que consiste em temer a Deus.

Paz e Bem!

Reflexão feita pelos noviços