Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 05/10/2018

Ouvir e colocar em prática

26° semana do Tempo Comum

sabor_051018Lc 10,13-16


“Quem escuta vocês, escuta a mim, e quem rejeita vocês, rejeita a mim” (Lc 10, 16)


Enviando os discípulos em missão, Jesus diz que quem os escuta, escuta a ele mesmo.

Quem os despreza, despreza o próprio Jesus e despreza o Pai que o enviou. Quem não escuta é porque despreza, e quem despreza é porque não vê o valor, por isso não preza, mas despreza. Quem escuta o apóstolo com o coração aberto vai chamá-lo de “prezado senhor”.

O bom ouvinte preza a pessoa e o que ela diz. É uma questão de delicadeza e educação estar atento ao que diz alguém com quem estamos conversando. Há gente, porém, que parece ter dificuldade de ouvir o outro. Talvez em alguns a dificuldade seja natural e em outros, por arrogância. Não vendo o valor, desprezo o que diz e quem diz. Jesus afirma que será perdoado quem disser uma palavra contra ele, porque para conhecê-lo é preciso ter fé. Tem gente que despreza a Igreja e o Evangelho de Jesus às vezes por arrogância, outras vezes por ignorância. É verdade que arrogância e ignorância podem estar nos dois lados, em quem resiste e não quer escutar e em quem propõe querendo impor. O que não é aceitável é não se alegrar com quem recebeu um milagre de Jesus e teve sua dignidade restaurada.

Ai de Corazim e de Betsaida, que viram tantos milagres e não se converteram! Terão que enfrentar o julgamento.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2018’, Paulinas.