Fraternidade do Sagrado acolhe os professandos

Moacir Beggo

 Petrópolis (RJ) – A celebração da Profissão Solene de sete frades na Província Franciscana da Imaculada Conceição e da Fundação Imaculada Mãe de Deus de Angola começou nesta sexta-feira, dia 14 de setembro, festa da Exaltação da Santa Cruz. Durante a oração antes do jantar, os professandos fizeram o pedido à Fraternidade do Sagrado Coração para ingressar em definitivo na Ordem dos Frades Menores e foram acolhidos com alegria e fé.

Esse pedido foi feito no refeitório do Convento de Petrópolis (RJ), quando o guardião Frei Jorge Paulo Schiavini, vice-mestre e vigário paroquial, presidiu este momento celebrativo junto com o mestre desta etapa de Teologia, Frei Marcos Andrade.

A profissão perpétua, o último degrau para o frade menor ingressar definitivamente na vida religiosa, será feito neste sábado, 15 de setembro, pelos jovens angolanos, Frei Alfredo Epalanga Prego e Frei Mário Sampaio Pelu, e os brasileiros Frei Alan Leal de Mattos, Frei Jefferson Max Nunes Maciel, Frei Jhones Lucas Martins, Frei Josemberg Cardozo Aranha e Frei Junior Mendes ao Ministro Provincial Frei Fidêncio Vanboemmel durante a Celebração Eucarística, às 16h15, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus de Petrópolis (RJ).

pedido_140918_1

Frei Marcos fez a acolhida e explicou, especialmente aos familiares e amigos presentes, que esses jovens frades já tinham sido aprovados para a profissão solene pelo Ministro Provincial, Frei Fidêncio Vanboemmel, pelos membros do Governo Provincial, pela equipe de formação desta etapa de Teologia e também pelos confrades que se posicionaram a partir do pedido que fizeram de professar solenemente na Ordem dos Frades Menores. Ele também explicou que Frei Jhones Lucas Martins já havia feito o pedido à sua Fraternidade de Duque de Caxias, onde reside.

O pedido é feito individualmente, mas este gesto simbólico diante dos confrades, dos familiares e amigos presentes nesta noite, além de ser uma tradição franciscana, faz parte da vida em fraternidade.

Neste momento celebrativo, o guardião Frei Jorge perguntou aos professandos: “Meus irmãos, qual é o vosso desejo?”. Eles responderam juntos: “Reverendíssimo Guardião e diletíssimos irmãos em Cristo, rogamos a vós pelo amor de Deus, da bem-aventurada sempre Virgem Maria, de nosso Pai São Francisco, de todos os Santos, admitir-nos à Profissão dos votos perpétuos na Ordem, para fazermos penitência, emendarmos a nossa vida e servirmos fielmente a Deus até a morte. Também pedimos perdão de todas as faltas cometidas durante o tempo da provação e rogamos que vos lembreis de nós em vossas preces para que com a graça de Deus possamos ser fiéis ao ideal de vida franciscana que com a graça de Deus nos propusemos abraçar”. Eles ouviram, então, a resposta: “Demos graças a Deus!”

pedido_140918_2

Segundo o guardião, o pedido dos professandos é uma alegria e um desafio ao mesmo tempo. “Nos alegra porque cada um de vocês, com seus dons, com o seu jeito de ser, com a história de vida enriquece a nossa Fraternidade. Na convivência, nós sentimos essa riqueza e essa partilha de dons que vocês trazem. Nos alegramos também porque, ao conviver com vocês ao longo desses anos, construímos uma história comum de vida fraterna e de atualização da vocação franciscana. Mas o pedido de vocês nos desafia e nos anima a perseverarmos e a buscarmos com intensidade a vocação que nós também abraçamos. Ao testemunhar a generosidade de vocês, nesta profissão solene e no seguimento de Jesus Cristo, somos animados a pedir, mais uma vez à Ordem e a Deus, para reiniciar a vida de consagração franciscana”, explicou Frei Jorge, fazendo um pedido: “Todos nós precisamos assumir o compromisso de rezarmos uns pelos outros. Vocês rezam por nós e nós, como Fraternidade, por vocês. Familiares e amigos também são chamados a rezarem para que eles mantenham acesa esta chama”, completou.

Frei Jorge acolheu especialmente o Ministro Provincial, Frei Fidêncio Vanboemmel, que amanhã preside esta celebração e o Visitador Geral, Frei Miguel Kleinhans, que acompanha a Província da Imaculada até o Capítulo Provincial em novembro. Frei Fidêncio deu a bênção final.

VEJA MAIS IMAGENS DESTE MOMENTO CELEBRATIVO