O CarismaNotícias › 05/08/2018

Olhar a vida com os “óculos” da Boa-Nova

encontro_estudantes_040818

Agudos (SP) – Os trabalhos do quarto dia (04/08) do Encontro dos Frades Estudantes, que acontece no Seminário Santo Antônio de Agudos (SP), foram divididos em dois momentos: na parte da manhã, o Definidor e coordenador da Frente de Evangelização da Comunicação, Frei Gustavo Medella, apresentou, explicou e dialogou com os estudantes sobre o bom uso das mídias sociais e digitais nos dias de hoje. Já na parte da tarde os frades partiram em missão e desempenharam trabalhos evangelizadores junto às casas de repouso na cidade de Macatuba (SP), e na cidade anfitriã do evento.

“Novas tecnologias: potencialidades, riscos e prevenções”, foi o tema abordado por Frei Gustavo. O frade alertou para uma necessária conscientização quanto ao bom uso da internet, levando em consideração que o mau uso da mesma pode gerar muitos problemas.

Citando Antônio Spadaro, Frei Medella mencionou que a internet conecta pessoas, mas qualquer um pode construir dentro dela uma identidade fictícia, simulada, e entender a relação como um jogo. Na rede qualquer um pode se passar por aquilo que não é quanto à idade, sexo e profissão, expressando-se sem os limites dados pela própria identidade pública. Pode-se ter uma abertura completa e um alto nível de autenticidade, até decair na espontaneidade sem limites e sem pudores.

encontro_estudantes_040818_1

Sobre as Fake News, o frade, ensinou que existe manipulação de massa na internet por pessoas que expressam uma ideologia como se fosse uma única verdade, utilizando de montagens que denigrem um ser humano, como também instituições, disseminando o ódio, a violência e a intolerância.

Segundo o Definidor Frei Gustavo, as notícias sem fundamentos, falsas, atingem uma repercussão sem medidas porque muita das vezes o individuo que recebe a informação não checa a veracidade e compartilha tal informação. “Uma vez que compartilhamos dificilmente conseguiremos um reparo do dano causado”, explica o frade.

O coordenador da Frente da Comunicação, também abordou a questão da exposição dos usuários que relatam seu cotidiano de forma desmedida nas redes sociais. “A rede possibilita uma integração dos dados pessoais”, explicou e sugeriu: “É necessário se policiar quando se vai postar algo de cunho pessoal. Reveja suas configurações de privacidade, infelizmente existem pessoas má intencionadas que usam desta nossa abertura para com estes meios e promovem o mal, denegrindo a reputação das pessoas”, relatou o frade que é formado em jornalismo.

Para Frei Gustavo, a medida certa é o uso consciente das redes digitais e sociais. “A internet cria laços e facilidades para estarmos conectados com o mundo e suas atualizações. Temos a oportunidade de conhecer pessoas de qualquer parte do planeta e por estes meios de comunicação”, afirmou.

EXPERIÊNCIA MISSIONÁRIA

encontro_estudantes_040818_2

Dando prosseguimento aos trabalhos, à tarde os frades partiram em missão, realizando uma pastoral de escuta junto aos idosos que foram visitar, fomentando seu vigor com as experiências de vida que cada idoso transmite com suas histórias, sendo elas de tristezas, superação e alegrias. Puderam também render graças a Deus pelo dom da vida de cada um que estava ali, através de cantos, orações, e especialmente pela convivência expressas com emoções e fé que cada um transmitia seja por um olhar, nas lágrimas com também nos espontâneos sorrisos. Desta forma, os frades em formação puderam alimentar sua vocação com esta pitada da sabedoria transmitida pelos idosos.

Segundo Frei Vitor Amâncio, que visitou o Lar de idosos da cidade da Macatuba (SP), a recepção foi calorosa. “Pelos cumprimentos e apertos de mãos daqueles que já sentem o peso dos anos que viveram, os idosos nos ensinam como é urgente o testemunho da Minoridade Franciscana. Passamos a tarde conhecendo um pouco da casa e também de cada residente que não hesitava em nos acolher e partilhar um pouco de suas vidas. Ao fim da visita, todos os idosos se reuniram e, um a um, os frades estudantes se apresentaram e proferiram palavras de conforto e alegria. Nós cantamos, rezamos e juntos partilhamos um pouco de nossas experiências. Foi uma tarde ótima junto deles e, com toda convicção, saímos de lá com os corações abastecidos com o carinho que eles nos deram”, revelou o jovem frade.

Leia também: 

Frades estudantes: tempo de reflexão, partilhas e estudos 

Frei João destaca “a alegria das pequenas coisas”

Dia de partilha no Encontro dos Frades Estudantes

Equipe de Comunicação: Frei Augusto Luiz Gabriel, Frei Bruno Gonçalves Cezário, Frei Danilo Santos Oliveira, Frei Mário Sampaio Pelu, Frei Rodrigo José Silva e Frei Roger Strapazzon.

VEJA MAIS IMAGENS