Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 10/07/2018

O Reino de Deus é feito por nós

14ª Semana do Tempo Comum

sabor_100718Mt 9, 32-38 


“Vendo as multidões, Jesus teve compaixão, porque estavam cansadas e abatidas, como ovelhas que não têm pastor.” (Mt 9, 36)


As pessoas doentes sofrem jogadas em precários hospitais. Passam fome por conta da centralização dos recursos, das riquezas. Padecem solitárias de esperança, fé e sentido. E onde estão as pessoas que se dizem seguidores de Cristo?

Jesus não espera um ato mágico de Deus! Ele se compadece e vai, por onde passa, curando, acolhendo, integrando, ouvindo, ajudando as pessoas. Ele se fazia o milagre de Deus! Nós, por outro lado, queremos que os doentes fiquem curados, que a fome acabe, que a esperança, a fé e o sentido de nossas vidas sejam vivos, mas sem movermos um músculo! Queremos que Deus faça. Não queremos nos envolver nisso. Esquecemos que é por nossas mãos que o Reino de Deus passa.

Ter pena de alguém não é compadecer-se. Quem se compadece é impelido a ajudar. Devemos então ser os operários da messe do Pai. E não obstantes em ser, devemos também pedir para que mande mais pessoas. Uma vez que “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos!” (Mt 9, 37).

Peçamos para que Deus suscite em nossos corações e nos corações dos homens e mulheres o ímpeto de serem milagres do Senhor no mundo!

Reflexão feita pelos noviços.