Santo Antônio tomou para si as escolhas que Cristo fez

São Paulo (SP) - “Já dizia um grande filósofo, não sem certa dose de ironia, que “o bom senso é a coisa mais bem distribuída do mundo”, pois ninguém admite que lhe falte um pouco sequer”, assim começou a homilia de Frei Clauzemir Makximovitz no 7º dia da Trezena de Santo Antônio na Paróquia do Pari em São Paulo, nesta quarta-feira, 6 de junho. A Celebração Eucarística aconteceu às 19 horas e teve como concelebrante o diácono Frei Marx Rodrigues dos Reis.

“De fato, todos nós sabemos distinguir o certo do errado, é princípio básico de nossa liberdade e livre-arbítrio o poder decidir sobre as coisas. No entanto, há aqueles que acham mais cômodo ter alguém por lhes dizer o que fazer sempre, isentando-lhes das responsabilidades das decisões. Há inclusive quem veja em seus líderes religiosos a oportunidade de encontrar alguém para “controlar ou conduzir” suas vidas. Essa, deveras, não é a vontade de Deus! Deus nos quer livres e responsáveis”, explicou o pregador.

Para Frei Clauzemir é nossa responsabilidade escolher, tomar decisões e assumir as consequências que delas advêm! “Eu tenho a impressão que exatamente por isso é muito difícil ser católico hoje. Porque o católico não tem alguém para lhe dizer o que fazer ou não, no sentido de “faça isso, isso não pode, essa veste não pode, não beba isso, não faça aquilo”, ressaltou o frade.

trezena_pari_060618_1Segundo ele, se alguém faz isso em nome da fé católica, o faz por moralismo, não pela fé. “O católico necessariamente é obrigado a usar seu bom senso, e decidir o que é melhor, o que é adequado para sua vida, em cada situação”, acentuou.

E concluiu: “De fato, todos temos consciência, sabemos no íntimo o que é certo e o que é errado, e precisamos nos comprometer fazendo nossas escolhas. Santo Antônio é exemplo disso, pois foi capaz de tomar para si as escolhas que Cristo fez! Assumiu em sua vida as mesmas opções de Jesus, opção pelo pobre, pela justiça, pela paz… isso é assumir sua liberdade, ponderar a realidade e fazer uso do bom senso. Que possamos também nós progredir nesse caminho, fazer escolhas cada vez mais acertadas e assumir livremente nosso papel na construção de um mundo melhor”, desejou o celebrante.

Nesta quinta-feira, 7 de junho, a Celebração Eucarística marcará das 19 horas marcará o 8º dia da Trezena de Santo Antônio, e terá como tema: “Santo Antônio, o Santo das coisas perdidas”.

CONFIRA MAIS IMAGENS