Vida CristãMeditação diária › 05/06/2018

Alegria que brota do coração

Frase para refletir:

“Não existe nada que impeça um sorriso, que justifique o pessimismo ou o mau humor” (São Thomas Moro, advogado, escritor e diplomata inglês, 1478-1535).

francisco_violino_050618Atraímos o que pensamos. Devido aos reclames comerciais temos a tendência de achar que para ser alegre devemos estar em lugares paradisíacos com fartura de tudo, com um clima quente e por aí vai. Mas alegria é um estado de espírito que independe de fatores externos, brota da alma, que nos torna capazes de em tudo ver um dom, uma graça, um toque divino. Se chove, sente a alegria das plantas que se renovam com a água, se faz frio, sente o calor do acolhimento capaz de aquecer corações, se o sol brilha, sente a renovação da vida com sua irradiação, etc. São Francisco de Assis vivia uma alegria que brotava do coração, mesmo sendo pobre e tendo que mendigar alimentos. Narra Thomas de Celano que às vezes pegava dois gravetos, imitava um violino e saía pelos caminhos cantando as alegrias de Deus. São Thomas Moro, mesmo na prisão, escreveu uma oração para a alegria. Um dos trechos diz: “Concede-me Senhor, a dose de humor suficiente para que eu encontre a felicidade nesta vida, e para que eu seja útil aos outros”. Esta é uma alegria sadia, que quer a felicidade de todos, sem achar graça quando alguém se dá mal em alguma brincadeira. É esta alegria devemos cultivar em nossa vida, pois como diz São Francisco de Sales; “um santo triste é um triste santo”.

Bom dia! Bom trabalho!

Reflexão feita por José Irineu Nenevê


Links: 

Facebook: http://www.facebook.com/bomdiaebomtrabalho
Mensagens anteriores em www.maikol.com.br
Leia o Livro “Bom dia e bom trabalho, sabedoria para todos os dias”, Editora Vozes.