Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 19/05/2018

Reconhecer tantos dons para mais amar

7ª Semana do Tempo da Páscoa

sabor_190518Jo 21,20-25


“Se eu quero que ele viva até que eu venha, o que é que você tem com isso? Quanto a você, siga-me”


No Evangelho de hoje, Jesus nos exorta a como deve ser nosso seguimento. Ele pede que não fiquemos olhando a vida e a missão dos outros, mas que realizemos a nossa. Jesus interpela Pedro de que não devemos nos ater sobre a missão ou os afazeres de outros e sim colocar todos nossos esforços em nossa própria missão.

É da natureza humana sempre nos compararmos aos outros – em qualidades ou defeitos, em riqueza ou pobreza, bonito ou feio, chique ou brega, alto ou baixo.

Quando nos julgamos melhores que os outros, podemos cair no pecado da soberba e não reconhecer que essas boas qualidades são presentes de Deus. Quando ocorre o contrário, pode aparecer um sentimento de inferioridade, podemos cair no pecado da inveja, percebemos no outro algo que não temos e não olhamos nossas próprias qualidades e bens que Deus constantemente nos concede, não somos agradecidos por suas inúmeras bênçãos.

Que saibamos reconhecer as graças de Deus, a nós e todas as pessoas, os dons que nos deu e neste dia que Ele nos proporciona para, em união com todos os outros irmãos, sermos testemunhas convictas de sua ressurreição e construirmos o seu Reino.

Paz e Bem.

Reflexão feita pelos noviços.