Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 08/05/2018

O Espírito Santo nos consola e anima

6º semana do Tempo da Páscoa

sabor_080518Jo 16,5-11


“Eu lhes digo a verdade: é melhor para vocês que eu vá embora, porque, se eu não for, o Advogado não virá para vocês. Mas se eu for, eu o enviarei.”


O Evangelho desta terça-feira nos apresenta uma imagem muito humana do Cristo Ressuscitado, que tocado pela tristeza que se abateu sobre os seus discípulos ao se darem conta de que o Mestre estava prestes a partir, os consola e busca os animar.

Ao dizer: “vou para o Pai” (cf. Jo 16,10), Cristo revela aos seus discípulos que se distanciará corporalmente deles e, como qualquer outro ser humano, eles se entristecem ao verem alguém que amam partir. Por isso, Nosso Senhor Jesus Cristo os consola mostrando ser necessária essa separação e promete aos seus, que enviará o Espírito, o Defensor, para animá-los em sua caminhada e para que não se sintam sozinhos.

E nós também, em nossa realidade, no nosso dia a dia, sentimo-nos por vezes abandonados e sozinhos, sem a presença de Deus, e como os discípulos nós nos desesperamos e ficamos aflitos. Contudo, devemos nos lembrar da promessa do Ressuscitado; o Paráclito. O Espírito está conosco e nos sustentará, basta que nos confiemos a Ele.

Reflexão feita pelos noviços.