Vida CristãMeditação diária › 09/04/2018

Fé, esperança e caridade

Frase para refletir:

“Paradoxalmente, nos “Portais do Mistério da Segunda Virtude” que Fé e Caridade são as duas virtudes teologais do instante fugidio, do aqui e agora. São uma esposa e uma mãe, duas mulheres de certa idade, mas que se movem apenas por causa da pequena Esperança, a menina que parece ser segurada pelas mãos pelas duas irmãs mais velhas, mas que, em vez disso, é ela quem “empurra” as outras duas para frente” (Charles Peguy, escritor francês, 1873-1914).

medita_090418O autor do texto personaliza as virtudes divinas da fé, esperança e caridade como sendo três mulheres, duas idosas e uma nova. Mulheres idosas são experientes e neste caso, estão ao nosso lado a cada instante, aqui e agora, nas figuras de uma mãe e uma esposa. Mas a esperança é jovem, que tem a vida pela frente, ela prefigura o futuro, por isso é esperança. É a jovem esperança que empurra a fé e a caridade. Assim, a esperança é como um “GPS” que indica o caminho que a pessoa de fé deve seguir praticando a mais importante das virtudes que é a caridade, ou seja, o “amor em ação”, como nos ensina São Paulo na sua primeira carta aos Coríntios (13,13); “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor”.
Bom dia! Bom trabalho!

Reflexão feita por José Irineu Nenevê


Links: 

Facebook: http://www.facebook.com/bomdiaebomtrabalho
Leia o Livro: BOM DIA E BOM TRABALHO, sabedoria para todos os dias. Ed VOZES.