O CarismaNotícias › 15/03/2018

Frei Domingos faz a Primeira Profissão na Ordem

profissao_150318_d

“Sei em quem pus minha confiança e estou certo de que é bastante poderoso para guardar até aquele dia aquilo que me confiou” (2Tm 1,12). Com este lema, Frei Domingos Makuva Paulo fez a sua Primeira Profissão na Ordem dos Frades Menores durante a Celebração Eucarística, às 19h30 deste dia (14/3), na Igreja Matriz São Francisco de Assis, em Rodeio (SC).

Frei Domingos fez o seu ano de provação no Noviciado com a turma de noviços do ano passado, mas devido a um problema de saúde, sua profissão teve de ser adiada. Neste dia, contudo, ele pôde professar nas mãos do Ministro Provincial, Frei Fidêncio Vanboemmel, os votos como religioso franciscano: viver em castidade, sem nada de próprio e em pobreza. Frei Fidêncio teve como concelebrantes o Vigário Provincial, Frei César Külkamp, e pelo Guardião da Fraternidade, Frei José Antônio Cruz Duarte.

profissao_150318_ladoEm sua homilia, o Ministro Provincial falou sobre a minoridade e o seguimento a Jesus Cristo. Citou a mensagem do Papa Francisco, dirigida aos frades, que tem como tema “Minoridade Franciscana, lugar de encontro e comunhão”: “Ser irmão menor é um elemento da vida franciscana e uma missão, e não pode ser coisa facultativa. De fato, o adjetivo ‘menor’ qualifica o substantivo ‘irmão’, dando ao vínculo da fraternidade uma qualidade própria e característica: não é a mesma coisa dizer ‘irmão’ e dizer ‘irmão menor’. Por isso, ao falar de fraternidade é preciso ter bem presente esta característica típica franciscana da relação fraterna, que exige de vocês uma relação de ‘irmãos menores’. Dentro desse contexto e do espírito quaresmal aqui nos reunimos para celebrar a Ceia do Senhor e a profissão de Frei Domingos Makuva. No entanto, celebrar a profissão é viver a fé todos os dias, é ser chamado a seguir Jesus Cristo mais de perto, a exemplo de São Francisco”, explicou.

No rito da profissão, o Mestre Frei Samuel Ferreira de Lima apresentou ao Provincial o candidato, e este, por sua vez, prometeu viver os três conselhos evangélicos em obediência, sem nada de próprio e em castidade, e observar a Regra da Ordem dos Frades Menores.

No final da Missa, Frei Domingos Makuva agradeceu a todos que o ajudaram a fazer esta caminhada formativa. Ele e outros noviços entoaram um hino de ação de graças, no ritmo angolano, acompanhado por uma dança típica. E em seguida, o Guardião da Fraternidade,Frei José Antônio, convidou a todos os presentes para um coquetel no claustro do convento.

Frei Domingos partirá de Rodeio para São Paulo no dia 25 de março e, no dia 2 de abril, voltará para Angola, onde continuará o seu processo formativo na etapa de Filosofia.