Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 13/03/2018

O amor que cura

Tempo da Quaresma

sabor_130318Jo 5,1-16


“Levante-se, pegue sua cama e ande”


A fé e a esperança são meios pelos quais alcançamos as graças de Deus. Porém, é necessário que elas estejam acima das dúvidas que muitas vezes giram em torno da mente. Conservá-las, mesmo que sejam como um grão de areia, nos ajudará a achar bênção diante do Pai.

O evangelho da 4° semana da Quaresma mostra-nos Jesus fazendo o bem em dia de sábado, atitude que era reprovada pela lei judaica, porque neste dia não se podia fazer tal ato ou nenhum trabalho. O que está em causa para Jesus não é o dia de sábado, mas o amor, que possibilita fazer o bem naquele que é impedido de ficar curado de suas doenças.

O mundo hoje proporciona vários meios de felicidade. Tais felicidades, que são muitas vezes temporárias, nos fazem pôr Deus como segunda opção e, até certo ponto, chegam a ser as nossas doenças modernas: a cegueira pela riqueza; a luxúria, a inveja, e o mau uso da tecnologia. Tudo isto nos torna cegos e surdos ao apelo do Senhor. É por isso que Jesus, vendo e ouvindo aquele homem que se encontra enfermo e que para muitos era dado como um caso sem solução, cura-o simplesmente por amor.

O evangelho convoca cada um a buscar o remédio de suas doenças. A verdadeira fonte de graça é Jesus, que cura as pessoas por amor. Ele nos chama a depositar a fé e esperança no Pai celeste, pois quando pensamos que os problemas já não têm solução, Ele diz: levanta, fique curado das tuas doenças.

Reflexão feita pelos noviços.