Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 31/03/2016

O medo não pode nos cegar

Oitava da Páscoa

31_mar_350Lc 24, 35-48

“Enquanto falavam Jesus apresentou-se no meio deles e disse: ‘a paz esteja convosco’”

Há poucos dias celebramos a Páscoa, Ressurreição do Senhor. E Ele ressuscitou de verdade!

O Evangelho de hoje nos mostra que as palavras do Antigo Testamento se atualizavam na pessoa de Jesus.

Jesus vem até os 11 discípulos para abrir os seus olhos, pois os rumores de sua Ressurreição não os davam garantia de nada. Os medos que eles sentiam não os deixavam ver com clareza o motivo de tudo que tinha acontecido com Aquele que eles acreditavam ser o Salvador.

Assim somos nós quando estamos com medo ou passando por alguma turbulência da vida não conseguimos ver com clareza aquilo que devemos ver. Precisamos de sinais concretos para acreditar ou entender e por isso nós não depositamos a nossa confiança plena no Senhor.

Então, meus irmãos e minhas irmãs, não deixemos que nossos medos nos ceguem e nos impeçam de ver a luz de nossa vida. Que o Cristo Ressuscitado seja a nossa força e nossa paz.

Reflexão feita pelos noviços.