Cultura franciscanaLiteratura religiosa e cultural

Manual de Teologia Franciscana

A teologia franciscana possui seu próprio universo que gera um sentimento afetivo e motiva um comportamento existencial coerente. A firme idéia de Deus belo produz um profundo sentimento de agradecimento e regozijo que se constata em uma atitude festiva e lúdica. No entanto, o pensamento franciscano sempre esteve muito atento ao mundo concreto que tratou de defender.

A teologia franciscana é o produto espiritual da reflexão pessoal e comunitária dos pensadores-teólogos da Família Franciscana ao longo dos séculos. Esses pensadores souberam e lograram articular uma reflexão sistemática do cristianismo a partir da sensibilidade e da índole do que se pode chamar de universo real e símbólico do franciscanismo, que se caracteriza por um campo inteligível comum aos escritores desta escola. São Francisco de Assis foi quem deu início a um movimento de evangelização dentro do cristianismo, a partir do qual criou-se e se articulou uma escola de pensamento com características próprias. Na atualidade existem muitos estudos sobre Boaventura, Duns Scotus, Roger Bacon, Guilherme de Ockham etc, mas faltava uma publicação que oferecesse uma visão sintética e unitária da escola franciscana. A publicação deste “Manual de Teologia Franciscana” significa um importante marco no campo do franciscanismo e vem preencher uma grande lacuna cultural e dar resposta a tantos professores, alunos, educadores, universitários e escritores que, tanto no mundo franciscano quanto fora dele, reclamam a publicação de uma obra capaz de oferecer uma visão conjunta e comparativa da teologia franciscana.

Este livro, porém, não reproduz simplesmente o que já foi dito, mas o aprofunda e propõe-se a refletir o que não está dito, porque a verdade teológica convida constantemente a novas reflexões. Este foi o trabalho de professores de diversas universidades e de distintas nacionalidades, representativos de toda a Família Franciscana.

Editora Vozes e FFB